Rádio LAM abre espaço para o rock de Niterói

A Rádio LAM está completando um mês na web com intensa programação para quem gosta de rock e blues, e com boa resposta do público. Durante esse período, a emissora online do jornalista e produtor musical Luiz Antonio Melo (LAM), um dos fundadores da Fluminense FM (a 'Maldita'), alcançou a meta de tocar 400 artistas e realizou a façanha de manter até 80 horas de música sem repetição. Sem saber ainda com precisão os números de audiência, LAM se baseia nos indicadores do sistema de streaming, que aponta um crescimento de ouvintes cada vez maior, dentro de uma faixa etária que varia de 20 a 60 anos.


Facção Caipira / Reprodução

"Sinceramente, eu nunca pensei em fazer uma rádio sozinho porque sou um cara de equipe, de grupo, de bando. Mas estou curtindo muito essa experiência porque tudo o que dá certo e o que não dá, a responsabilidade é somente minha. Importante é que estou feliz e realizado com a Rádio LAM, que mistura tudo o que acho que aprendi na Fluminense FM e Rádio Federal — rádio rock onde comecei como estagiário nos anos 1970 — e na Eldo Pop, que fui ouvinte", confessa.

Foto: Arquivo pessoal

LAM é o "one man band" da rádio, como ele mesmo diz. Além da programação musical, grava a locução 24h, edita e equaliza as músicas e gerencia o streaming. Felizmente, segundo ele, os acertos têm sido maiores que os erros. Prova disso é que ouvintes e artistas novos estão dando muita força à iniciativa, através de elogios e sugestões que não param de chegar em sua caixa de e-mail e por mensagens nas redes sociais.


O público não é apenas composto de gente mais velha, que sente saudade das extintas Fluminense FM e Eldorado — a 'Eldo Pop' dos anos 1970 — antigos redutos deste gênero no dial. Os mais jovens estão ouvindo e gostando, já que a programação dá espaço a bandas que estão surgindo, inclusive no cenário do rock nacional. Os artistas novos, brasileiros e estrangeiros, representam 1/3 do total que entra no ar. A rádio toca rock atual, progressivo não radical, clássicos e rock blues. LAM conta que não executa metal e prog metal "porque é um segmento muito específico que já conta com webrádios excelentes".


Bandas de Niterói, algumas já conhecidas do público, também estão nas playlists. Entre elas, Kapitu, Facção Caipira, RivoTrio 1 mg, Tomma Rock, Tereza e O Chá.


"Tem bandas ótimas na cidade, e sempre aparece gente nova fazendo rock de qualidade. Essa semana recebi material de uma chamada O Chá, que não conhecia. Gostei muito e coloquei para tocar. Embora ainda não tenha os números de ouvintes e outros dados para mensurar o resultado desse primeiro mês, sei que as pessoas estão gostando da programação. Daqui a uns dias terei o Google Analytics para medir com precisão a audiência, com números absolutos, qualificação do público, dispositivos que usam, cidades e países onde estão", afirma ele.


 Conheça a nova Scooter Elétrica

Não precisa de CNH, sem placa e sem IPVA

Leia também:

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle