Recado da polícia: 'Toda a PM do Rio está atrás de vocês'


Foto: Reprodução

Dois policiais militares foram mortos a tiros na noite de quarta-feira (16/6), em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Os agentes estavam dentro de um veículo da PM que fazia patrulhamento na Estrada D, perto da Via Dutra, no bairro da Posse.


Os militares foram identificados como o soldado Sérgio Magalhães Belchior e o cabo Helder Augusto Gonçalves Silveira. Eles foram socorridos e levados para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, também na Posse, mas chegaram sem vida à unidade, segundo informações.

Os dois policiais eram lotados no 24º BPM (Queimados), mas estavam trabalhando em apoio no 20º BPM (Mesquita). De acordo com as primeiras informações, eles foram feridos por vários tiros e ainda tiveram suas armas roubadas pelos criminosos.


Em um vídeo no Twitter, o secretário de Polícia Militar do estado do Rio, coronel Rogério Figueiredo, afirmou que a corporação está fazendo todos os esforços para prender os autores do crime. Ele ainda deu um recado aos criminosos: "se entreguem e venham com as armas roubadas. Nós iremos prendê-los. Toda a Polícia Militar estará empenhada atrás de vocês", disse Figueredo.


O secretário também prestou solidariedade às famílias e fez um apelo à sociedade.


"À família, meus sinceros sentimentos. Não posso aceitar enterrar policiais militares executados por criminosos. Faço um apelo à sociedade. Não fiquem indiferentes. Defendam as forças de segurança", finalizou.

A Polícia Civil fez uma perícia no local e está auxiliando a Polícia Militar a encontrar os criminosos. Agentes da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), onde o caso segue em investigação, estão em diligência, recolhendo imagens de câmeras de segurança da região e ouvindo testemunhas para ajudar na elucidação do caso.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg