top of page

Recém-nascidos ganham 'cobertinhas' especiais de Natal

Papai Noel passou de forma bem original pelo Hospital Estadual Azevedo Lima (HEAL), em Niterói, neste Natal. Em cada enfermaria da maternidade, neste domingo e hoje (25/12), ele presenteou as mamães com pacotinhos de esperança e de celebração da vida. Dez recém-nascidos foram “embalados” para presente, aninhados dentro da bota vermelha do Bom Velhinho.

A pequena Maitê / Divulgação / HEAL

Para Jéssika da Silva Nascimento, 32 anos, moradora de São Gonçalo, foi uma grande surpresa receber o filho Luiz Miguel, que nasceu sábado (24/12), com a roupinha natalina logo depois do parto.


“Foi uma surpresa emocionante, um verdadeiro presente de Natal. Me senti muito acolhida num momento de muita tensão e quero agradecer a toda equipe da maternidade, que é merecedora de todos os elogios”, afirmou Jéssika, que fez a primeira foto segurando o bebê logo após dar à luz ao lado do marido Jorcelem de Castro Goulart, 44 anos.


Kelly Cristina Alves de Souza, 41 anos, de Maricá, também se emocionou quando ganhou a roupa e caprichou na arrumação do bebê Benjamin para guardar muitas fotos de recordação. O menino nasceu no último sábado (23/12).


“Foi um Natal especial. Muito emocionante ver meu filho com a roupinha vermelha. Essa foi uma iniciativa muito bacana do hospital e trouxe muita alegria”, disse“ .

A vestimenta especial é uma iniciativa do setor de humanização do hospital. Ao levar o clima de Natal para a maternidade, a ideia foi tornar o ambiente mais acolhedor e afetuoso para mães, familiares e equipes de plantão. Além disso, a iniciativa leva em conta o impacto social e emocional para além dos cuidados clínicos, e fortalece os vínculos entre as pacientes e os profissionais da obstetrícia e maternidade.


A ação na maternidade foi uma edição extra do projeto Pequenos Encantos, que consiste em realizar atividades de mêsversário temáticos e ensaios fotográficos com os bebês prematuros internados na UTI Neonatal da unidade, para registrar a jornada dos pequenos meninos e meninas e sua evolução durante a internação. No Natal, além dos prematuros, todos os bebês que nasceram no HEAL no período natalino receberam as roupinhas.


As botinhas de Papai Noel que os recém-nascidos vestiram foram confeccionadas pela responsável técnica do serviço de Psicologia da unidade, Ediléa Oliveira. Ela se emociona ao falar do projeto e diz que se sente lisonjeada em participar.


“Fico muito feliz em poder proporcionar aos pais um momento muito especial no que concerne às emoções, ao estado psicológico da família. Sou psicóloga de formação, mas saber costurar, poder fazer a mais é sempre muito bem-vindo quando a gente fala de humanização. Porque tenho também minha identidade de costureira, que coloco em prol do bem-estar, da alegria de ver a satisfação dos pais. Não é só costura, é uma construção de afeto”, afirma Ediléa.


Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page