top of page
banners dengue balde niteroi 728x90 29 2 24.jpg

Reino Unido é isolado por variante do coronavírus


(Reprodução)

Cerca de 20 países, incluindo ao menos 11 da União Europeia e quatro da América do Sul, decidiram suspender ou restringir os voos provenientes do Reino Unido (Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte), depois que uma nova cepa mais contagiosa foi identificada no país. O Brasil não impôs restrições aos voos que chegam do Reino Unido ou partem para lá.

A mutação, detectada no começo deste mês, está se espalhando rapidamente, principalmente na capital, Londres, segundo o Ministério da Saúde britânico.

As autoridades holandesas foram as primeiras a restringir os voos do Reino Unido. Posteriormente, Bélgica, Itália, Alemanha, Bulgária, Irlanda, Lituânia, Letônia, Finlândia, Noruega e Croácia também suspenderam os voos.

Portugal só autoriza a entrada no país, em voos provenientes do Reino Unido, de cidadãos portugueses ou com autorização de residência. Estes devem, além disso, apresentar teste que comprove resultado negativo para o SARS-CoV-2.

Além dos países da UE, outras nações anunciaram restrições de voos: Turquia, Suíça, Canadá, Israel, Argentina, Chile, Colômbia e Peru.

A Arábia Saudita fechou completamente suas fronteiras por uma semana, cancelando todos os voos internacionais.

Outros países detectaram nova cepa

No último sábado (19), as autoridades sanitárias do Reino Unido confirmaram a presença no país de uma nova cepa do SARS-CoV-2, que é 70% mais contagiosa.

Além do Reino Unido, a nova cepa da Covid-19 já foi detectada em Itália, Holanda, Dinamarca e Austrália, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

No domingo (20), o ministro da Saúde italiano, Roberto Speranza, firmou uma ordem de suspensão dos voos provenientes do Reino Unido por tempo indeterminado.

O Departamento Científico do Hospital Militar de Celio, em Roma, encontrou a nova cepa do coronavírus em um cidadão italiano.

"O paciente e sua parceira retornaram há aproximadamente dois dias do Reino Unido em um voo que pousou no aeroporto de Fiumicino e atualmente estão isolados. Juntos de seus familiares e contatos estreitos, têm respeitado todos os procedimentos estabelecidos pelo Ministério da Saúde", informa comunicado.

Aqueles que já estavam no Reino Unido nas últimas duas semanas não podem retornar à Itália, enquanto os viajantes provenientes das ilhas britânicas que já se encontravam na Itália "deveriam ser submetidos a um teste antigênico ou molecular e contatar os departamentos de prevenção".


Com a Sputnik

Comments


Chamada Sons da Rússia5.jpg
banners dengue balde niteroi 300x250 29 2 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page