Renato Gaúcho é o novo técnico do Flamengo


Renato Gaucho assina contrato com prazo de duração até o fim do ano (Divulgação)

Depois de ter preterido o Flamengo no ano passado por uma renovação de contrato com o Grêmio em bases maiores do que a proposta pela diretoria do Rubro-negro, Renato Gaúcho chegou a um acordo neste sábado para substituir Rogério Ceni, demitido na madrugada. O acordo foi divulgado pelo Flamengo em seu perfil nas redes sociais, informando que "a ideia é que Renato viaje com o time para Argentina na segunda-feira e faça sua estreia no duelo com o Defensa y Justicia, quarta-feira, no primeiro jogo das oitavas de final da Libertadores".

O salário é maior do que os R$ 400 mil mensais que ganhava Rogério Ceni, mas bem menor do que Renato Gaúcho recebia no Grêmio, além de premiações extras por títulos. O contrato, por enquanto, vai só até o fim do ano, podendo ser renovado automaticamente em caso de reeleição do presidente Rodolfo Landim.

Em 45 jogos pelo Flamengo, Rogério Ceni teve 23 vitórias, 11 empates e 11 derrotas. Ele foi demitido após uma sequência de maus resultados e também por um áudio vazado de um funcionário do clube, no qual detonava Ceni. Num dos trechos, o analista de mercado do clube, Roberto Drummond, afirma: "Ele é tão ruim que trouxe dois auxiliares. Um quando teve Covid, não quis deixar ir para campo porque o cara é ruim, só sabe montar campo. Ele teve que chamar o cara do sub-20 para ser auxiliar dele. Esse francês (auxiliar Charles Hembert) é nojento de ruim. Gente boa, mas é muito ruim. Está perdido. Enquanto ele (Ceni) continua lá, a gente está perdido".

O até então funcionário do Flamengo ainda concluiu: "Cara ele é uma pessoa ruim. Não tem outra definição. É uma pessoa ruim. O cara é perdido, faz m..."


Ganhe_Ate_300x250px.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
Aumentou_728x90px.gif