Rio adia aulas presenciais para alunos acima de 8 anos


(Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

Com uma taxa de ocupação de leitos de UT I de 78,8%, a Prefeitura do Rio de Janeiro decidiu adiar o retorno do ensino presencial em sua rede de educação para o 3º, 4º, 5º e 9º anos do ensino fundamental, além do 6º ano Carioca, que inclui alunos acima de 8 anos de idade. A volta às aulas dessas séries estava prevista amanhã (17) e foi adiada por duas semanas.

Assim, as aulas presenciais continuam apenas para a pré-escola e 1º e 2º anos do ensino fundamental, ou seja, para alunos com idade entre 4 e 8 anos. Ao todo, 271 escolas que oferecem atendimento para esses segmentos estão abertas. Amanhã serão abertas mais 149 escolas, para essas séries.

A aula presencial é opcional. Os alunos que optarem por não ir à escola e aqueles cujas aulas presenciais ainda não foram retomadas podem conferir os conteúdos pelo aplicativo Rioeduca em casa e pelo Rioeduca na TV, que vai ao ar pela TV Escola (canal aberto 2.3), NET/Claro (canal 15), Claro TV (canal 8), Oi TV (canal 25), Sky (canal 21) e Vivo (canal 7), ou pelo YouTube.

Fila na UTI

Nesta terça-feira (16), 73 pessoas aguardam em UPAs e emergências por uma vaga de internação em UTI. Desse total, segundo a Secretaria municipal de Saúde, 13 pacientes esperam por um leito de Covid-19 há mais de um dia.

Apesar do avanço dos contágios por Covid-19 e de algumas medidas restritivas adotadas pela prefeitura e o governo do estado, como toque de recolher das 23h às 5h, no último fim de semana, as praias ficaram lotadas, com a liberação de ambulantes. Especialistas consideram insuficientes as medidas em vigor e criticam o afrouxamento nas praias.

Ganhe_Ate_300x250px.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
Aumentou_728x90px.gif