top of page

Rio anuncia maior corredor de arte urbana da América Latina


(Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil)

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, apresentou, em visita às obras do Terminal Intermodal Gentileza (TIG), nesta quinta-feira (21), o projeto Cores da Brasil, uma galeria de arte urbana a céu aberto, a maior da América Latina. Os grafites que já estampam o Porto Maravilha chegarão ao corredor do BRT Transbrasil. Ao longo dos 26 quilômetros de extensão, viadutos, terminais e passarelas receberão novas cores, formas e significados por inspiração nas obras do Profeta Gentileza.


Para o projeto foram mapeados artistas moradores dos locais por onde a Transbrasil vai passar. Ao todo, 26 bairros serão contemplados com as obras de mais de 60 artistas. As intervenções serão realizadas em três terminais, 30 viadutos, 300 pilares e 18 estações com passarelas. Ao todo, mais de 30 mil latas de tintas e 10 mil latas de spray serão utilizadas. O pontapé inicial foi no Terminal Intermodal Gentileza, em muro de 450 metros do artista Lucas Cassarotti.


“A arte urbana, o grafite têm a inspiração do Profeta Gentileza, que dá nome a esse novo terminal. É uma forma de valorizarmos os artistas que estão espalhados pela cidade e, ao mesmo tempo, trazer cores, esperança e luz para a principal avenida da cidade. E aumentar o sentimento de pertencimento das pessoas. A arte urbana traz isso, o cuidar do espaço público. Tenho certeza de que a Avenida Brasil, com toda essa arte urbana, passa de um lugar deteriorado e degradado a um lugar de esperança para termos outro olhar. Esse é o principal objetivo desse projeto. Vai ser um ponto de transformação na história da cidade”, afirmou Eduardo Paes.

Muro grafitado pelo artista Lucas Cassarotti como parte do projeto Cores da Brasil (Foto Tomaz Silva/Agência Brasil)

Em parceria com a Secretaria Especial da Juventude Carioca (JUVRio), a ação também abriga o lado social, com a capacitação de jovens da cada região que terão o primeiro contato com a produção artística neste projeto. Os contêineres operacionais utilizados na produção ficarão de legado como escolas de capacitação em arte.


Segundo a prefeitura, o grafite garante a preservação das estações e terminais, inibindo pichações e aumentando o engajamento da população com o transporte público da cidade.


“A ideia é recepcionar os cariocas e o povo que chega pela Avenida Brasil no Rio de Janeiro com as Cores da Brasil, com as cores que representam o nosso povo. E ter essa questão da gentileza urbana. A arte urbana é para todos porque ela está na rua. Queremos democratizar a arte e trazer mais cores para a vida das pessoas”, disse Andre Bretas, produtor cultural responsável pelos grafites.

(Foto: Beth Santos/Prefeitura do Rio)

Terminal Intermodal Gentileza

O Terminal Intermodal Gentileza vai integrar o BRT Transbrasil, 22 linhas de ônibus municipais e as linhas 1 e 2 do VLT, que será estendido por cerca de 700 metros até a área do antigo Gasômetro. A estimativa é que mais de 130 mil pessoas passem pelo terminal todos os dias. As obras vão custar R$ 250 milhões e já alcançam 84% de avanço nas intervenções.


BRT Transbrasil

A prefeitura inaugurou nessa quarta-feira (20) o Terminal Deodoro que receberá, no primeiro momento, os ônibus articulados do BRT Transolímpica. O BRT Transbrasil terá 18 estações, quatro terminais (Deodoro, Margaridas, Missões e o Intermodal Gentileza) e mais 22 intervenções como viadutos e alargamentos de pistas, ao longo de 26 km. A prefeitura, por meio da Secretaria de Infraestrutura, retomou a obra em agosto de 2021, e o investimento total é de R$ 1,9 bilhão.

(Foto: Beth Santos/Prefeitura do Rio)

Com a Agência Brasil

Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page