Rio anuncia novo normal com público em estádio em setembro


(Fotos Públicas)

A Prefeitura do Rio anunciou nesta quinta-feira (29) que, caso o cenário epidemiológico da pandemia de Covid-19 na cidade se mantenha em queda, os cariocas poderão voltar às ruas sem restrições a partir de um plano de retomada. O novo normal seria a partir do dia 2 de setembro, quando haverá nova etapa de flexibilização das regras, incluindo a permissão de público com esquema vacinal completo nos estádios, boates, casas de show e festas em locais fechados, limitados a 50% de lotação. O uso de máscara continuará sendo obrigatório.

"A pandemia não acabou, o que estamos anunciando depende muito da atitude de cada um de nós. É fundamental que as pessoas continuem se vacinando, assim como o respeito às regras, o uso da máscara e o distanciamento", disse o prefeito Eduardo Paes.

De acordo com a prefeitura, as ações propostas para a redução das restrições têm pré-requisitos para serem efetivadas. As condições serão: o cenário epidemiológico continuar favorável; as vacinas precisam chegar conforme planejado pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde; a vacinação dos cariocas deve continuar sendo realizada de maneira eficaz e engajada; e alta cobertura vacinal da população acima de 60 anos e com comorbidades.

"Não há flexibilização agora, é para o futuro. É importante que se dê um horizonte factível, mas não estamos reduzindo ou flexibilizando nada hoje. O futuro depende do que as pessoas estão fazendo neste momento, como estão se cuidando e cumprindo as medidas restritivas em vigor", frisou o secretário de Saúde, Daniel Soranz.

Para a retomada, a prefeitura planeja que, até setembro, 77% da população já tenha recebido a primeira dose da vacina contra a Covid-19 e que 45% já estejam vacinados com a segunda dose ou dose única.

Retomada terá três fases

O fim das restrições será feito em três fases para dar previsibilidade e segurança na retomada das atividades e da economia carioca.

2 de setembro – Haverá a liberação de eventos em ambientes abertos; permissão de público com esquema vacinal completo nos estádios (com 50% da capacidade) e liberação de público em boates, casas de show e festas em locais fechados com esquema vacinal completo e com 50% da capacidade. O uso de máscaras continuará sendo obrigatório.

17 de outubro – As boates, casas de show, festas em locais fechados e os estádios estarão liberados para abrir com 100% da capacidade desde que o público apresente esquema vacinal completo. O uso de máscaras continuará sendo obrigatório.

15 de novembro – O uso de máscara será obrigatório apenas em transporte público e estabelecimento de saúde. A partir dessa data, a prefeitura vai liberar a livre circulação das pessoas, sem restrição de capacidade e distanciamento.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg