top of page

Rio de Janeiro será sede do Energy Summit em 2024

O Rio de Janeiro será palco do Energy Summit, principal evento de inovação e empreendedorismo em energia do mundo. O anúncio foi feito na quarta-feira (30/8), pelo governador Cláudio Castro, em Boston, nos Estados Unidos. Realizado em parceria com o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), o Energy Summit vai reunir, em junho de 2024, no Porto Maravilha, mais de 10 mil especialistas de diversos países para discutir os próximos passos da transição energética.

Divulgação / Governo do Estado do Rio

"Retomamos a vocação para receber grandes eventos, como congressos, competições esportivas e shows. Receber o Energy Summit no Rio será um prazer, e essencial para a criação de novas políticas públicas voltadas para as energias verde e azul. Estamos transformando o Estado do Rio de Janeiro em referência de negócios, tecnologia em energia e sustentabilidade da América Latina. O anúncio de hoje nos coloca como líder global", ressaltou o governador.


O Energy Summit – que reunirá durante três dias autoridades, líderes globais e os principais profissionais do setor energético - é uma iniciativa estratégica do MIT REAP (Programa de Aceleração de Empreendedorismo Regional). A ação envolve comunidades em todo o mundo para fortalecer ecossistemas empreendedores por meio de uma metodologia única e inovadora.


"O objetivo é transformar o Rio de Janeiro em um "Vale do Silício", focado em energia e sustentabilidade. O Rio é uma das principais cidades quando se fala em energia. Algumas das maiores empresas estão no estado. E a nossa missão é incentivar a adoção de boas práticas em tecnologia, lideradas pelo mais prestigiado centro acadêmico e de negócios do mundo", afirmou Hudson Mendonça, líder no Brasil do MIT REAP.


Projetos pioneiros desenvolvidos no Rio


De acordo com o secretário de Energia e Economia do Mar, Hugo Leal, o Estado do Rio irá desenvolver um projeto pioneiro na área. A ideia é testar a viabilidade da implantação de aeólicas offshore para a produção de energia, a partir do vento do alto-mar. O Rio de Janeiro também aposta na energia solar e ocupa o ranking nacional de estados produtores do setor.


"Já elaboramos mapas sobre o potencial de geração de energia limpa para atração e implantação de projetos renováveis: são 12 plantas de produção. Temos grandes programas estruturantes no interior, importantes no processo de reindustrialização, que passam pelo gás natural. A energia renovável é o presente e o futuro do Rio, garantindo a melhoria da qualidade do ar, o fomento do ambiente de negócios e a geração de empregos", disse Hugo Leal.


Reunião com empresários


Na tarde de quarta-feira (30/8), o governador se reuniu com empresários, no Consulado-Geral do Brasil em Boston. Castro apresentou as oportunidades de negócios no Estado do Rio, destacando os setores de infraestrutura e de energia verde e azul como uma das principais apostas do governo para a atração de novos negócios.


Fonte: Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro

Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page