Rio divulga dados inéditos sobre ondas de seu litoral

Em uma parceria inédita com o Sistema de Monitoramento da Costa Brasileira (SiMCosta), a Prefeitura do Rio passou a receber informações sobre as condições do mar da cidade. O monitoramento, em tempo real, oferece aos tomadores de decisão a possibilidade de atuarem preventivamente em casos de ressaca - alertando a população sobre o fechamento de ciclovias, por exemplo.

Divulgação

Os dados são coletados partir de sensores instalados nas proximidades do Forte de Copacabana e na Ilha de Cotunduba, no Leme, Zona Sul da cidade. O cidadão que quiser acesso acompanhar as condições do mar em tempo real, nestes pontos, já pode acessar o site (clique aqui).


No link é possível acessar e acompanhar em tempo real aspectos como altura, direção, e período das ondas, além da intensidade de ventos, temperatura da água e vários outros parâmetros. A partir dessa cooperação, destaca o secretário municipal de Meio Ambiente, Lucas Padilha, será possível utilizar os dados do monitoramento para melhorar as previsões e estender as informações a outros pontos do litoral.


"Esse acompanhamento permitirá à Prefeitura agir ainda com mais previsibilidade, evitando transtornos aos cidadãos. Vamos ter dados para subsidiar os estudos da Prefeitura e séries históricas", diz Padilha.


A gerente do Núcleo de Vida Marinha da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Simone Pennafirme, acrescenta que as novas informações ajudarão a cidade a enfrentar os efeitos das mudanças climáticas.


"Esses dados são totalmente públicos, abertos, para diferentes usos. Os governos, em diferentes esferas, precisarão atuar, cada vez mais, com previsão e antecipação dos problemas decorrentes da emergência climática. Estamos fortalecendo as políticas de adaptação e mitigação do Rio", afirma.


O chefe-executivo do Centro de Operações Rio (COR), Alexandre Cardeman, explica que os dados do SiMCosta serão integrados ao Painel da cidade, plataforma que reúne uma série de dados de tempo, trânsito e transportes.


"O acesso a essas informações, em tempo real, diretamente no nosso painel, permitirá a sua análise em conjunto com outros dados operacionais, como chuvas, auxiliando na tomada de decisões, ações preventivas e pronta-resposta a ocorrências".


Fonte: SMAC

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg