Rio é reconhecido como cidade amiga das árvores

A Organização para Alimentação e Agricultura das Nações Unidas (FAO/ONU) e a Fundação Arbor Day (USA) reconheceram o Rio como uma cidade amiga das árvores ("Tree Cities of The world", em inglês). A iniciativa reconhece, em todo o mundo, as cidades comprometidas em garantir que suas florestas e árvores urbanas sejam adequadamente mantidas e gerenciadas de forma sustentável. Além do Rio, outras 137, em 21 países, já foram reconhecidas. No estado, o município de Niterói também foi agraciado com o título.

Divulgação

Com o reconhecimento, a capital fluminense terá acesso a suporte de programas de silvicultura urbana sustentável.


"Este prêmio internacional reconhece o compromisso do Rio desenvolver suas florestas urbanas tendo em vista a restauração do bioma Mata Atlântica. Nas ruas, o trabalho integrado entre Meio Ambiente e Fundação Parques e Jardins tem foco e avança mês a mês. Nas Zonas Norte e Oeste expandimos a produção local de mudas: mais eficiência logística para acelerarmos os plantios em escala", destaca o secretário municipal de Meio Ambiente, Lucas Padilha.


Em fevereiro, de 2021, a Fundação Parques e Jardins, vinculada à Secretaria de meio Ambiente, anunciou a implementação do Plano Diretor de Arborização Urbana (PDAU Rio), elaborado por equipe multidisciplinar e com a participação dos cidadãos por meio de oficinas e consulta pública.


"O PDAU nos faz pensar e planejar a cidade a partir da desigualdade no acesso aos recursos naturais. Quanto mais pobre uma localidade, menos arborizada ela é e mais vulnerável aos eventos extremos provocados pela crise climática. Por isso, atuamos no caminho de democratizar o acesso aos recursos ecológicos. Enxergamos o papel da arborização urbana também como um elemento redutor das desigualdades sociais”, acrescenta o presidente da Fundação Parques e Jardins, Fabiano Carnevale.


Para ganharem o selo "Tree Cities", as cidades devem se inscrever e atender a alguns critérios que se concentram na gestão da arborização urbana, informando se possui instrumentos legais planos e diretrizes para proteção e manejo das árvores, do sistema de parques e áreas verdes, vegetação nativa remanescente e áreas de preservação.


Fonte: SMAC

300x250px.gif
728x90px.gif