Rio libera lotação 100% em cinemas, teatros e shoppings


Eduardo Paes na reabertura do CineCarioca Nova Brasília, no Complexo do Alemão (Marcelo Piu/Prefeitura do Rio)

Ao reabrir ao público o CineCarioca Nova Brasília, no Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio, neste domingo (17), o prefeito Eduardo Paes anunciou que a partir desta segunda-feira (18) já será permitida a lotação máxima em locais como teatros, cinemas, centros comerciais e eventos autorizados, mantendo ainda a obrigatoriedade do uso de máscara.

Com a publicação do novo decreto nesta segunda-feira, poderão funcionar com a lotação de 100% da capacidade de público as atividades comerciais e de prestação de serviços localizadas no interior de shopping centers, centros comerciais e galerias de lojas, bem como as atividades de museu, biblioteca, cinema, teatro, casa de festa, salão de jogos, circo, recreação infantil, parque de diversões, temáticos e aquáticos, pista de patinação, entretenimento, visitações turísticas, aquários, jardim zoológico, atividades em casas de espetáculo e concerto e as apresentações artísticas em espaços de evento, drive-in, feiras e congressos, exposições e eventos autorizados.

Eduardo Paes reabriu ao público o CineCarioca Nova Brasília, primeiro cinema instalado em uma comunidade do Rio, fechado desde dezembro de 2019. A sala é a única opção de cinema na área do Complexo do Alemão, que, segundo Censo do IBGE de 2010, abrange cerca de 15 comunidades, com mais de 60 mil habitantes. O cinema terá quatro sessões diárias com ingressos a partir de R$ 5.

O filme exibido na reabertura foi o animação “Ainbo – A Guerreira da Amazônia”, uma produção peruana, holandesa e norte-americana, dirigida pelos cineastas José Zelada e Richard Claus. A animação infantil dividirá a programação do espaço ao longo da semana com o sucesso da Marvel “Venom – Tempo de Carnificina”, em cinco sessões diárias – 14h00 e 16h00 (Ainbo) e 18h00, 20h10 e 22h15- (Venom).

A sala de exibição conta com 91 lugares e obedece às regras de acessibilidade motora e equipamentos modernos de som e imagem. O espaço conta também com tecnologia de acessibilidade sensorial (para áudio descrição e legenda descritiva) e bomboniere, que também será administrada pela nova gestora do espaço.

Moradores comemoram

A volta do CineCarioca teve a aprovação dos moradores do Complexo do Alemão, desde os mais jovens até os idosos. Eles estavam ansiosos pela reabertura do espaço cultural.

– Essa reabertura vai ser importante para todos os moradores, principalmente as crianças, que adoram ver os filmes, vão poder aprender muito mais. Eu me sinto muito feliz porque os idosos também poderão aproveitar esse espaço – disse Francisco da Cruz dos Santos, de 59 anos.

Já Maria Isabella de Souza, 13 anos, estava feliz por voltar a uma sala de cinema. Ela conta que sempre foi frequentadora do CineCarioca.

– Um dos filmes que eu gostei de ver aqui foi o Rei Leão. O cinema é muito bom, confortável e perto de casa. A pipoca também é muito boa.

O contrato com a nova gestão prevê preços sociais nos ingressos com valor máximo de R$ 10, meia entrada a R$ 5 para estudantes, idosos, portadores de necessidades especiais, moradores do Complexo do Alemão e adjacências, com a apresentação do comprovante de residência. A RioFilme assegura subsídios para que os preços sociais sejam viáveis.

Segundo divulgou a prefeitura, desde a inauguração em 2010 até o fim do ano de 2019, o CineCarioca Nova Brasília sempre apresentou números expressivos de público, com cerca de 700 mil frequentadores em 11.990 sessões. Durante seus primeiros quatro anos de operação, foram realizadas diversas atividades, como sessões escolares para mais de 10 mil estudantes da rede municipal de ensino.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg