top of page
banners dengue balde niteroi 728x90 29 2 24.jpg

Rio Open movimenta R$ 130 milhões na economia fluminense

O Rio Open, um dos maiores torneios de tênis da América do Sul, chegou ao fim neste domingo (26/2) e o grande vencedor foi o britânico Cameron Norrie. O evento, que aconteceu no Jockey Club Brasileiro, na Gávea, gerou empregos e renda para o Rio de Janeiro. De acordo com o estudo da empresa Deloitte, encomendado pela organização da competição, foram injetados mais de R$ 130 milhões na economia do estado durante os nove dias do torneio, que recebeu um público de cerca de 60 mil pessoas.

Foto: Rogério Santana / Divulgação / Governo do Estado

O Rio Open contou com um espaço exclusivo do Governo do Estado, que repassou para o torneio R$ 13,8 milhões por meio da Lei de Incentivo ao Esporte. O secretário de Esporte e Lazer, Rafael Picciani, destacou a importância do investimento para ajudar o Rio a se consolidar como palco de competições, além de promover diversos setores da sociedade com contrapartidas sociais previstas na legislação.


"A Lei de Incentivo é um instrumento fantástico que o Governo do Rio disponibiliza, porque permite a viabilidade de grandes eventos e garante a fixação social das ações promovidas. A parceria com o Rio Open por meio dessa lei existe desde a sua primeira edição, e o legado deixado pelo torneio, ao longo desses 10 anos, é enorme", afirmou o secretário.


Solidariedade em jogo


Localizado na parte batizada de Leblon Boulevard, o espaço exclusivo do Governo do Estado contou com uma área de conveniência onde os visitantes puderam viver a experiência de uma partida de tênis virtual por meio de jogos eletrônicos.


No local, também foi feita a campanha “Chuva de Solidariedade”, do RioSolidario, em prol das vítimas dos últimos temporais, com coleta de alimentos não perecíveis, água mineral, materiais de limpeza e higiene pessoal. Toda a arrecadação será destinada para mais de 1,3 mil organizações cadastradas.


Jovens de comunidade no saibro


Nesta edição, além dos projetos sociais já contemplados com a Lei de Incentivo, jovens do Complexo do Alemão tiveram a oportunidade de assistir, pela primeira vez, a uma disputa internacional de tênis. Mais de 40 alunos do programa Favela Tênis receberam convites para o evento.


Fonte: Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro


Comments


Chamada Sons da Rússia5.jpg
banners dengue balde niteroi 300x250 29 2 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page