RioSolidario expõe objetos de atletas que serão leiloados


O RioSolidario inaugurou, nesta sexta-feira (23/7), no Shopping Leblon, a exposição dos itens usados por atletas renomados, como Neymar Jr. e Usain Bolt, que estarão no leilão virtual da campanha Atletas Solidários. O montante oriundo das vendas será destinado ao combate à fome e à pobreza em todo o estado do Rio de Janeiro. Mais de 20 peças foram doadas esta semana pela Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude, entre elas pranchas dos campeões mundiais de surfe Adriano de Souza, o Mineirinho, e Ítalo Ferreira; o kimono do José Aldo; e a raquete da ex-tenista Maria Sharapova.

Reprodução

"A fome é uma das faces mais tristes da pandemia e hoje é um momento de refletirmos sobre a missão que temos como sociedade de lutarmos contra ela. Essa parceria do RioSolidario e da Secretaria de Esporte é mais uma prova de que o Governo do Estado está fazendo sua parte nesta missão", disse o governador Cláudio Castro.


O início da exibição foi marcado por uma cerimônia com o grupo Camerata Jovem Rio de Janeiro, de comunidades da capital. Até o fim das Olimpíadas de Tóquio, em agosto, a população poderá ver de perto os artigos de ídolos do esporte nacional e internacional, no 4° andar do Shopping Leblon, na Avenida Afrânio de Melo Franco, 290.


"É uma oportunidade para todos verem de perto um pouco da história do esporte brasileiro, mundial, e, quem sabe, se inspirar a participar do leilão. Apesar da ação beneficente, é um momento para despertar a solidariedade dentro de cada um dos visitantes – afirmou a primeira-dama do Estado e presidente de honra do RioSolidario", Analine Castro.


Segundo o secretário de Esporte, Lazer e Juventude, Leandro Alves, o Atletas Solidários é resultado de uma parceria com o RioSolidario, que reuniu os objetos e os doou para esta causa que é uma das principais missões do Governo do Estado: enfrentar a pobreza.


"O Esporte e a Solidariedade desde sempre caminham lado a lado. Quando pensamos essa ação, a gente sabia da capacidade do Esporte de atrair as pessoas para fazerem o bem. Foi muito legal o retorno dos atletas, todos ficaram muito felizes de poderem doar peças suas, particulares, sabendo que elas seriam usadas para ajudar quem precisa. Temos certeza de que será um sucesso", ressaltou Leandro Alves.


Fonte: Núcleo de Comunicação do Governo do Estado do Rio de Janeiro

300x250px.gif
728x90px.gif