Rodrigo Neves consolida Programa de Governo


Documento de 130 páginas conta com a contribuição de especialistas em todos os setores da gestão pública e traz diagnósticos e propostas para a reconstrução do estado do Rio de Janeiro


Axel, Felipe Santa Cruz, Rodrigo ao lado da mulher Fernanda e Martha Rocha no lançamento do programa de governdo da chapa do PDT ao governo do Estado do Rio

Nesta quarta-feira, 10, o candidato a governador do Rio de Janeiro pelo PDT, Rodrigo Neves, se reuniu com especialistas de diferentes áreas de atuação na administração pública para apresentar a consolidação das diretrizes e o alinhamento de metas do programa de governo para a reconstrução do estado do Rio de Janeiro. O resumo do documento, que será lançado oficialmente no período eleitoral, foi apresentado pelo prefeito de Niterói, Axel Grael, que vem acompanhando a produção do programa junto com o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e com o ex-governador do Espírito Santo, Paulo Hartung. O candidato a vice-governador da coligação, Felipe Santa Cruz, também participou do encontro.

“Nós temos aqui interlocutores que contribuíram muito para a elaboração dos diagnósticos que deram origem ao nosso programa, que tem mais de 130 páginas com propostas para todas as áreas da administração pública. De fato, este plano enfrenta com detalhes cada um dos problemas do nosso estado”, contou Neves.

O programa do governo traz ações de curto, médio e longo prazo. Como explica Rodrigo Neves, uma das ações emergenciais contempla a criação de um programa de renda básica por meio de uma moeda social, como a que foi criada em Niterói, para que logo no primeiro ano de governo seja possível tirar três milhões de pessoas da situação de fome e pobreza extrema no estado do Rio de Janeiro.

“Nós iniciaremos também logo a partir dos primeiros cem dias uma ação emergencial que vai gerar emprego e renda para a população com a criação de frentes de trabalho para recuperar escolas e hospitais abandonados e para levar água e esgoto tratado para a Baixada Fluminense, para a Zona Oeste da capital e para São Gonçalo. O objetivo é gerar 150 mil novos empregos no primeiro ano de governo com contratações para estas frentes de trabalho”, explicou Rodrigo Neves.

Entre os especialistas que participaram nestes últimos meses da elaboração dos diagnósticos do programa de governo estão nomes da Segurança Pública como a delegada e deputada Martha Rocha e o diretor do Instituto Cidade Segura Alberto Kopittke; da Saúde como os médicos e secretários de Saúde de Niterói e do Rio Rodrigo Oliveira e Daniel Soranz; da Educação como a Pós-Doutora em Educação Lia Faria, os professores, deputados e ex-secretários de Educação Waldeck Carneiro e Comte Bittencourt, e o economista, deputado e ex-secretário de Educação do Rio, Renan Ferreirinha; da igualdade racial como o presidente do Conselho Estadual dos Direitos do Negro, Luiz Eduardo Oliveira Negrogun; dos direitos da mulheres, como a coordenadora da Coordenadoria de Políticas e Direitos das Mulheres de Niterói, Fernanda Sixel; da Gestão Pública como o engenheiro Glaucio Neves, a secretária de Planejamento de Niterói, Ellen Benedetti, e o economista e ex-secretário de Fazendo do Rio, Pedro Paulo; do desenvolvimento econômico como Ronaldo Cesar Coelho e Marcio Fortes; e da Sustentabilidade como o economista Sergio Besserman e o professor Willian de Aquino.

300x250_QuatroRodas.gif
728x90_PorqueArCondicionado.gif
Toda Palavra 077 - páginas centrais.jpg

Leia a versão digital da edição impressa do TP