top of page

Rotatória de Camboinhas é entregue à população


A Prefeitura de Niterói entregou, nesta sexta-feira (9/2), a rotatória de Camboinhas. A obra faz parte do Plano de Mobilidade de Niterói e tem como objetivo modernizar as vias de entrada e saída do bairro, além de permitir um fluxo maior de veículos, otimizar o serviço de transporte público e incentivar o uso da bicicleta como meio de locomoção. O investimento é de R$ 15,8 milhões e possui acessibilidade em todos os acessos.

O prefeito de Niterói, Axel Grael, visitou o local e acompanhou a entrega da obra.


“Estamos fazendo a entrega dessa obra importante de acesso aos bairros de Camboinhas e Piratininga. Temos uma grande concentração de automóveis que, em dias de sol e praia, gerava uma obstrução do trânsito que impactava toda a região. A obra trouxe uma forma muito mais eficiente de direcionar o tráfego com a construção de duas pontes, além dessa área verde e da praça. Com isso, resolvemos mais um gargalo de Niterói”, destacou o prefeito.


A obra foi executada pela Empresa Municipal de Moradia, Urbanização e Saneamento (Emusa). As melhorias incluem a implantação da calçada, a montagem da baia do novo ponto de ônibus e o recapeamento do trecho da pista da Avenida Almirante Tamandaré no sentido Piratininga, em frente às intervenções.

O projeto de mobilidade urbana foi realizado pela Secretaria Municipal de Urbanismo e Mobilidade (SMU). O secretário da pasta, Renato Barandier, acompanhou a visita e falou do impacto positivo da intervenção.


“Agora entregamos uma solução viária com a rotatória, que é uma obra de mobilidade que facilita o acesso e a saída dos bairros de Piratininga e Camboinhas. Mesmo antes da inauguração, a gente já vem observando um impacto positivo. Mesmo no verão, onde a procura pelas praias é maior, a obra vem mostrando um bom resultado para os moradores dos bairros e os visitantes das praias. A Região Oceânica recebeu uma nova porta de entrada, totalmente remodelada, com uma obra de urbanismo que valoriza os bairros”, explicou Barandier.


A obra contempla mais um trecho da ciclovia onde os ciclistas poderão fazer a conexão entre os bairros de Piratininga e Camboinhas com o Parque Orla de Piratininga Alfredo Sirkis (POP). As novas estações de ônibus vão permitir um melhor fluxo com as baias exclusivas para embarque e desembarque.


O secretário da Região Oceânica, Binho Guimarães, ressaltou a transformação pela qual a região vem passando nos últimos anos.

“Essa é mais uma transformação importante que impacta diretamente cinco bairros: Camboinhas, Piratininga, Tibau, Maralegre e Santo Antônio. Esses bairros estão vivendo um ciclo de transformação com obras de urbanização, drenagem e pavimentação. Agora a gente faz essa melhoria importante na mobilidade urbana. Indiretamente, temos um benefício para milhares de frequentadores das três praias localizadas no entorno (Camboinhas, Sossego e Piratininga). Com isso a gente tende a ter um impacto menor nos dias de grande circulação de pessoas, como os dias de sol e praia”, disse o secretário da Região Oceânica.

Binho Guimarães destacou ainda o apoio das associações de moradores e comerciantes do entorno que entenderam que o transtorno é normal em uma obra desse porte, mas que trouxe um benefício permanente para a população.


A primeira etapa da obra foi entregue em 22 de novembro de 2023, dia do aniversário de 450 anos da cidade. A conclusão dessa fase contemplou a praça central, um parcão, a ciclovia que fará conexão com o Parque Orla Piratininga Alfredo Sirkis (POP) e a ponte de saída de Camboinhas, que liga a Rua Professor Florestan Fernandes e a Avenida Almirante Tamandaré, permitindo o fluxo de quem sai de Camboinhas e também de quem vem de Piratininga.


A praça central da rotatória recebeu o nome de Stuessel Amóra, em homenagem a uma das maiores lideranças de Camboinhas, com papel relevante na defesa do meio ambiente na Região Oceânica. Stuessel Amóra faleceu em 2022.


Fonte: Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói


Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page