São Paulo recebe 1,5 milhão de doses da CoronaVac


Desembarque de mais doses da vacina CoronaVac no Aeroporto Internacional de Guarulhos SP (Foto: Reprodução)

Um novo lote com 1,5 milhão de doses da CoronaVac, vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela farmacêutica chinesa SinoVac em parceria com o Instituto Butantan, foi desembarcado na manhã desta quarta-feira (30) no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo. O instituto ainda não concluiu os procedimentos para para pedir aprovação e autorização da Anvisa para utilização da vacina na população.

Com a chegada do novo lote, o Butantan já recebeu aproximadamente 11 milhões de doses da Sinovac.

O primeiro lote com 120 mil doses chegou ao Brasil no dia 19 de novembro. A segunda carga foi desembarcada com 600 litros a granel do insumo, correspondente a um milhão de doses, em 3 de dezembro. Com dois milhões de doses, a terceira remessa foi recebida em 18 de dezembro. Na véspera de Natal (24), São Paulo recebeu a maior carga: 5,5 milhões de doses. Na segunda-feira (28), chegou o quinto lote da vacina com 500 mil doses.

Seringas e agulhas

O governo do estado de São Paulo deverá divulgar os dados de eficácia da CoronaVac obtidos em testes conduzidos pelo Instituto Butantan e apresentar o pedido à Anvisa até o dia 7 de janeiro.

De acordo com informação publicada nesta quarta na coluna de Lauro Jardim, no Globo, o governo paulista já tem garantidos 71 milhões de seringas e agulhas para a vacinação da população.

Já o o governo federal conseguiu garantir em leilão realizado na terça-feira apenas 7,9 milhões dos descartáveis, que correspondem a 2,4% do total necessário para atender o programa de imunização, que é de 331 milhões.

Ucrânia: 1,8 milhão de doses

O Ministério da Saúde da Ucrânia assinou um contrato com a Sinovac para garantir a entrega urgente de 1,8 milhão de doses da vacina chinesa.

O anúncio foi feito pelo gabinete do presidente ucraniano Vladimir Zelensky nesta quarta-feira. De acordo com a presidência, as negociações começaram em setembro.

1/3
300x250px - para veicular a partir do di

 Conheça a nova Scooter Elétrica

Não precisa de CNH, sem placa e sem IPVA

Leia também: