Saúde gasta R$ 29 mil com diárias da namorada de Pazuello


O ex-ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, e a tenente Laura Appi, diretora da pasta (Ministério da Saúde)

Namorada do ex-ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, a tenente Laura Appi, infectologista e diretora de programa na Secretaria de Atenção Primária do Ministério da Saúde, recebeu R$ 29,5 mil da pasta entre maio de 2020 e março deste ano como pagamento de diárias de viagens. Em ao menos nove viagens reembolsadas, a militar se apresentou como acompanhante do então ministro para preencher o requisito de justificativa para o deslocamento. Entre passagens e diárias, o governo pagou R$ 54 mil.

A informação foi revelada pela Folha de S.Paulo, destacando também que, no mesmo período, o general da ativa recebeu R$ 88,5 mil em diárias e ajuda de custo do Ministério da Saúde apenas em 2020.

O reembolso de viagens aéreas a ministros de Estado e funcionários em serviço não é ilegal, mas os valores destinados ao ex-ministro foram questionados pela CPI da Covid.

Além dos valores para o reembolso, a comissão investiga também o ex-ministro sobre a demora e suspeições nas negociação de vacinas e sobre o incentivo ao uso de cloroquina para tratamento de pacientes de covid-19, apesar da ineficácia cientificamente comprovada do remédio - indicado como tratamento de febre amarela.




Ganhe_Ate_300x250px.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
Aumentou_728x90px.gif