top of page
banners dengue balde niteroi 728x90 29 2 24.jpg

Sem Moro, intenções de voto em Ciro sobem para 10%


Ciro e Lula no último encontro entre os dois, em outubro de 2020 (Foto: Ricardo Stuckert)

Com a saída do ex-juiz Sergio Moro do ranking, tanto o presidente Jair Bolsonaro (PL) quanto o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ganharam eleitores na pesquisa Exame/Ideia, publicada quinta-feira (21). Contudo, o candidato do PDT, Ciro Gomes, sobe para mais 4,8%, chegando ao total de 10% e ao terceiro lugar. Na pesquisa anterior, no início de abril, o ex-ministro e ex-governador do Ceará aparecia em quarto lugar com 5,2%.

De acordo com a pesquisa, quem mais ganhou com a desistência de Moro foi Ciro Gomes, uma vez que a liderança continua encabeçada pelo ex-presidente Lula (PT) com 42% (tinha 40%) para primeiro turno, seguido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) com 33% (tinha 29%).

Em eventual segundo turno, a pesquisa mostra que Lula teria 48% dos votos, enquanto Bolsonaro teria 39%.

Moro ainda não anunciou para qual cargo vai se candidatar nas eleições deste ano - até admitiu que pode não se candidatar a nada após a indicação de Luciano Bivar como candidato do União Brasil (partido de Moro) à presidência da República.

De acordo com o levantamento, depois de Ciro, aparecem em empate técnico João Doria (PSDB), com 4% e Simone Tebet (MDB) com 3%. André Janones (Avante), Sofia Manzano (PCB), José Maria Eymael (DC) e Leonardo Péricles (UP) têm 1% cada.

Já Luiz Felipe D'Ávila (Novo), Vera Lúcia (PSTU) e Luciano Bivar (União Brasil) não chegaram a 1%.

O levantamento ouviu 1.500 pessoas por telefone entre os dias 15 e 20 de abril. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR-02495/2022.

ความคิดเห็น


Chamada Sons da Rússia5.jpg
banners dengue balde niteroi 300x250 29 2 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page