Sem vacina, Bolsonaro é barrado em jogo na Vila Belmiro


Sem se vacinar, Jair Bolsonaro foi barrado e impedido de entrar na Vila Belmiro (Reprodução)

Mesmo sabendo da proibição, o presidente Jair Bolsonaro foi ao Estádio da Vila Belmiro para tentar assistir ao jogo entre Santos e Grêmio neste domingo (10), e foi impedido de entrar.

Em vídeo que viralizou nas redes sociais, divulgado por ele próprio, Bolsonaro aparece dizendo que tem mais anticorpos do que quem tomou a vacina, o que não é verdade. Estudos comprovam que quem toma imunizante contra a covid-19 ganha mais proteção do que quem contrai a doença.

“Por que cartão, passaporte da vacina? Queria ver jogo do Santos, disseram que tem que estar vacinado. Por que isso?”, questionou. “Eu tenho mais anticorpos do que quem tomou a vacina”, completou.

Líder da oposição na Câmara, o deputado Alessandro Molon (PSB-RJ) criticou a postura do presidente da República, lembrando os 600 mil brasileiros mortos pela covid-19.

"Mais de 600 mil brasileiros morreram por covid-19 e Bolsonaro ainda não entendeu por que tem que tomar vacina?", tuitou Molon, reproduzindo o vídeo em que Bolsonaro esbraveja por ter sido barrado na Vila Belmiro.

Tanto em São Paulo como no Rio de Janeiro, é obrigatória a apresentação do esquema vacinal completo para entrar em estádios. No caso de pessoas com mais de 60 anos, desde que tenham tomado as duas doses mais a dose de reforço nos últimos 14 dias. Para quem tem entre 15 e 59 anos, a vacinação completa consiste nas duas doses, com a segunda sendo aplicada pelo menos 14 dias antes da data da partida.




300x250px.gif
728x90px.gif