Serafini quer mais atenção à saúde mental em Niterói

Atualizado: 22 de Out de 2020


Com Josiane, Paulo Eduardo (dir) e outros candidatos, Serafini (esq) visitou unidade de saúde mental na Alameda

A saúde mental foi o tema principal da campanha nesta quarta-feira, 21, de Flavio Serafini e Josiane Peçanha, candidatos a prefeito e vice-refeito, respectivamente, na chapa do PSOL. De manhã, após realizarem caminhada com a candidata à vereadora Benny Briolly e o deputado federal Glauber Braga, eles visitaram o Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD) na Alameda São Boaventura, junto com o vereador Paulo Eduardo Gomes e os candidatos a vereador Diego Marino e Carol Leite. O que encontraram lá, segundo Serafini, foi o retrato da rede de saúde mental da cidade. A unidade está com problemas graves de infraestrutura, com muro caindo, infiltração no teto e sem recursos para comprar insumos para realizar atendimentos e oficinas.

- O que vimos é parte de um problema mais grave, que revela que Niterói não cumpre o mínimo estabelecido em relação à área de saúde mental. A rede gira em torno de um hospital psiquiátrico, induzindo a crises dos usuários por falta de condições de atendimento. Isto resulta, muitas vezes, na hospitalização contrariando os direitos dos usuários preconizados pela política de saúde mental da Reforma Psiquiátrica. As pessoas com transtornos, uso abusivo de álcool e drogas têm direito a um tratamento digno, em seus territórios, com garantia do vínculo familiar e o fortalecimento de sua autonomia e convívio social. Vamos transformar a rede de saúde mental da cidade, abrindo dois CAPS AD, CAPS 3, para passarmos da lógica de atendimento do controle para a do cuidado  - disse Serafini, que é presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Saúde Mental e de Luta Antimanicomial da Alerj

O deputado do PSOL também é autor da Lei 8.154/2018, que estabeleceu a política de participação do Estado no cofinanciamento da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS), que, em 2019, já levou a uminvestimento de quase 30 milhões de reais na qualificação da rede em 90 municípios do Estado, inclusive Niterói. 

O Programa de Governo de Flavio e Josiane prevê a promoção da saúde mental, com ampliação do acolhimento, cuidado integral e intersetorial das pessoas em sofrimento psíquico, na perspectiva da reforma psiquiátrica, com prática antimanicomial e visando a integração plena à sociedade. Outra proposta é a ampliação imediata dos Serviços de Residências Terapêuticas para promover a desinstitucionalização de usuários de saúde mental e fechamento gradativo dos leitos em manicômios, construindo um Estado sem manicômios públicos ou privados, com a substituição dos mesmos por serviços humanizados e territorializados.

Também está prevista a ampliação efetiva de CAPSi, CAPSi-III (com leitos de pernoite transitório), UAI (Unidadesde Acolhimento Infanto-Juvenil), CAPS-AD-III (álcool e drogas); criação de UA (Unidadesde Acolhimento) articuladas aos CAPS no seu território; dispositivos de circulação no território, como consultórios na rua; articulação da rede de atenção psicossocial com a atenção primária e hospitais gerais, e ampliação da capacidade de responder e acolher a demanda que se produz quando se procede à desinstitucionalização.

Por sua vez, o vereador Paulo Eduardo Gomes, líder da bancada do PSOL e presidente da Comissão de Saúde da Câmara, alertou para a necessidade de um CAPS na Região Ociânica:

"A ausência de um CAPS na Região Oceânica é também um grave problema da rede. E para além de todos os problemas estruturais da rede de saúde mental, a falta frequente de medicamentos ainda é algo que demonstra com mais intensidade o descaso do governo com o SUS. Luto diariamente por essas melhorias e pretendo seguir lutando, agora ao lado de um prefeito do Psol."

Ao final do dia, Flavio e Josiane participaram de uma roda de conversa online sobre o tema da saúde mental.

 Conheça a nova Scooter Elétrica

Não precisa de CNH, sem placa e sem IPVA

Leia também:

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle