top of page
banner niteroi carnaval 780x90px 16 02 24.jpg

Setor de serviços tem alta de 8% no estado

O volume de serviços no Rio de Janeiro cresceu, em março, 2,8% em comparação a fevereiro, resultado acima do registrado em São Paulo (1,8%). Em comparação a março de 2022, o avanço foi de 9,5%, também acima de São Paulo (3,4%) e, no acumulado do primeiro trimestre de 2023, frente a igual período do ano passado, o avanço do volume de serviços foi de 8,0%. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada nesta terça-feira (16/5) pelo IBGE.

Foto: Elza Fiúza / Agência Brasil

"O setor de serviços é a principal fonte de geração de postos de trabalho e desempenha um papel estratégico no desenvolvimento econômico. No primeiro trimestre deste ano, foi responsável por 93,4% de todos os empregos criados em nosso estado. Os resultados positivos consecutivos e o otimismo demonstrado pelos empresários do segmento confirmam a retomada econômica e o crescimento dos negócios no Rio de Janeiro", destaca o governador Cláudio Castro.


A pesquisa do IBGE mostra ainda que, na comparação mensal, o resultado no Estado do Rio ficou bem acima da média nacional (0,9%).


"Junto com o comércio, o setor de serviços é responsável por 75% do PIB fluminense. Em 2020, o setor movimentou nada menos que R$ 565,3 bilhões, gerando milhares de empregos para a população fluminense", comenta o secretário de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços, Vinicius Farah.


De acordo com o IBGE, o setor de transportes, principalmente o de cargas, se destacou como a principal influência positiva em março. Outras duas atividades também avançaram em volume no mês de março: os serviços profissionais, administrativos e complementares, e o setor de serviços de informação e comunicação.


Fonte: Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro



Chamada Sons da Rússia5.jpg
banner niteroi carnaval 300x250px 16 02 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page