top of page

SG é castigada por dois temporais e previsão é de mais chuvas

Atualizado: 14 de jan.

Depois de enfrentar os efeitos dos temporais de quinta e sexta-feira (12/1), a cidade de São Gonçalo segue em estágio de alerta, com previsão de mais chuvas fortes neste sábado (13/1). A força da água arrastou pelas ruas as manilhas de PVC que estavam no canteiro de obras do MUVI, o corredor de  Mobilidade Urbana Verde Integrada (MUVI). 


Veja os imensos tubos levados pela chuva no vídeo publicado por moradores nas redes sociais:


Na noite de ontem (sexta, 12/1), a sirene do Morro do Feijão, no bairro Paraíso, foi acionada por vários minutos, alertando para que moradores deixassem suas casas no e seguissem para pontos de apoio, pois havia risco de deslizamento de encostas.


 De acordo como o Centro Estadual de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden-RJ), o risco hidrológico é alto na Região Metropolitana, especialmente em São Gonçalo e Niterói. Há possibilidade de alagamentos, inundações e deslizamentos. No restante do Estado, o risco é baixo a moderado.


O Cemaden-RJ informou ainda que está acompanhando as condições meteorológicas e os níveis pluviométricos em todo o território fluminense, enviando alertas para os municípios que estiverem sob risco.


No Jardim Catarina, a ventania derrubou um poste de energia elétrica. Vários bairros ficaram sem luz, entre eles, Porto Novo, Boassú, Jóquei, Coelho e Covanca. Vários deles continuavam sem energia na manhã deste sábado (13/1). Moradores de Porto Novo fizeram protesto, depois de 24 horas sem luz.

A Enel informou, na noite desta sexta-feira (12/1), que normalizou o fornecimento para 86% dos clientes que tiveram o serviço interrompido. Ainda segundo a empresa, para normalizar o fornecimento de energia, a Enel "aumentou em até dez vezes o número de equipes em campo e os técnicos seguem trabalhando ininterruptamente para atender as ocorrências remanescentes causadas pela tempestade".


A nota diz ainda que o alagamento de vias e a quedas de árvores dificultaram o atendimento das equipes em alguns pontos.


"Diversos trechos da rede foram destruídos pela queda de galhos e árvores e as equipes atuam na reconstrução da rede, cuja complexidade dos serviços inclui a substituição de equipamentos e postes".


Em caso de falta de luz, o cliente pode acionar os canais digitais da concessionária: site, aplicativo Enel (disponível para iOS e Android), WhatsApp Elena: (21) 99601-9608 e Central de Relacionamento (0800 28 00 120).


Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page