top of page
banners dengue balde niteroi 728x90 29 2 24.jpg

Sintronac faz campanha contra acidentes no Terminal João Goulart

O Sindicato dos Rodoviários de Niterói a Arraial do Cabo (Sintronac) realiza, em parceria com a empresa Teroni, nesta terça-feira (25/7), Dia do Rodoviário, uma campanha de prevenção de acidentes dentro do Terminal João Goulart, no Centro de Niterói. A ação, voltada para os usuários de ônibus, principalmente idosos, busca conscientizar as pessoas para que não atravessem as pistas dos coletivos e nem fiquem paradas no meio-fio, causas principais de acidentes fatais.

Reprodução

Somente este ano, entre março e junho, foram registrados na rodoviária quatro atropelamentos, três com ferimentos graves e uma morte, de acordo com a Teroni, administradora do terminal. Em dez anos, ainda segundo a empresa, ocorreram nove atropelamentos dentro do Terminal João Goulart, quatro com mortes. Houve um incremento no número de casos em 2023. O mais recente, dia 26 de junho, matou um idoso de 69 anos. Todas as vítimas fatais tinham mais de 65 anos.


No dia da campanha, serão fixados cartazes nos pontos dos ônibus e panfletos serão distribuídos para a população. Diretores do Sintronac estarão no terminal conversando com os usuários do transporte para explicar os motivos pelos quais não é permitido atravessar as pistas dos coletivos e deve-se evitar ficar parado no meio-fio.


“Ônibus são veículos muito grandes e têm vários pontos cegos, ou seja, locais que o motorista simplesmente não vê. Então, cabe aos rodoviários terem muito cuidado na chegada e na saída do terminal, mas a população também tem que cumprir seu papel. Pedestres, ciclistas e motociclistas, todos têm que estar atentos ao trânsito e evitar a proximidade com os ônibus. O não cumprimento dessas regras leva à morte ou a ferimentos muito graves. Isso, obviamente, vale tanto para o interior dos terminais rodoviários, quanto para qualquer local de circulação dos coletivos”, explica o presidente do Sintronac, Rubens dos Santos Oliveira.


Há vários modelos de ônibus, mas, em geral, os pontos cegos ficam da porta traseira à dianteira, na parte de baixo, conhecida como saia; do lado oposto à janela do motorista; toda a traseira do coletivo; na frente, abaixo dos retrovisores; e entre a roda e a porta traseiras.

 


Chamada Sons da Rússia5.jpg
banners dengue balde niteroi 300x250 29 2 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page