STF recoloca cheques Queiroz-Michelle em pauta


(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Já tem data marcada o julgamento que recolocará em evidência o envolvimento da família Bolsonaro com casos suspeitos. E, nesse caso, deverá voltar às redes também a famosa pergunta de um repórter do Globo a Bolsonaro: “Presidente, por que Queiroz depositou 89 mil reais na conta da primeira-dama Michelle?”

O Supremo Tribunal Federal marcou para o próximo dia 25 o caso envolvendo os cheques de Fabrício Queiroz na conta da primeira-dama Michelle Bolsonaro. A decisão de levar a ocorrência ao plenário virtual da Corte é do ministro decano Marco Aurélio Mello.

O julgamento refere-se a um recurso de um advogado contra decisão do procurador-geral de Justiça, Augusto Aras, que mandou arquivar o caso e a Suprema Corte considerou que há elementos para julgar o pedido. A decisão do PGR de não investigar o caso repercutiu como uma possível tentativa de blindagem ao presidente.

Michelle Bolsonaro recebeu R$ 89 mil de Fabrício Queiroz. O ex-motorista do então deputado federal Jair Bolsonaro e também ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) depositou 21 cheques na conta de Michelle, entre 2011 a 2016, totalizando R$ 72 mil. Márcia Aguiar, mulher de Queiroz, depositou outros seis cheques, que somaram R$ 17 mil.

Em novembro do ano passado, o Ministério Público do Rio de Janeiro denunciou Queiroz, Flávio e mais 15 pessoas por peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa, pelo esquema criminoso de desvio de dinheiro público, no caso da rachadinha no gabinete do então deputado Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio.

Em 18 de junho do ano passado, Queiroz foi preso em Atibaia (SP), onde estava escondido em um sítio que pertence a Frederick Wassef, advogado de Jair Bolsonaro. Em março de 2021, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu pela liberdade de Queiroz.

Fabrício Queiroz fez movimentações financeiras atípicas no total de R$ 7 milhões de 2014 a 2017, de acordo com relatório do antigo Conselho de Atividades Financeiras (Coaf).

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg