Tragédia no set: Alec Baldwin mata diretora com arma cenográfica


Uma tragédia aconteceu no set de Rust, filme independente gravado no Novo México. O ator Alec Baldwin disparou uma arma cenográfica, matando acidentalmente a diretora de fotografia Halyna Hutchins e ferindo o diretor Joel Souza. A informação foi publicada inicialmente no site Vanity Fair.

O acidente ocorreu na quinta-fera (21). Halyna, de 42 anos, foi transportada de helicóptero para o Hospital da Universidade do Novo México em Albuquerque, onde morreu. Joel Souza, de 48 abis, foi levado de ambulância ao Centro Médico Regional Christus St. Vincent, em Santa Fé, para tratar dos ferimentos e foi liberado.

Em comunicado, a polícia afirmou que Hutchins e Souza “foram baleados quando uma arma de fogo foi disparada por Alec Baldwin, 68, produtor e ator.” “Os detetives estão investigando como [a arma de fogo foi usada] e que tipo de projétil foi disparado. Este incidente continua sendo uma investigação ativa. À medida que mais informações forem disponibilizadas, atualizações serão fornecidas".

Através de um post no Twitter, o ator expressou seu estado de choque e disse que está cooperando com a investigação policial.

"Não há palavras para expressar meu choque e tristeza em relação ao trágico acidente que tirou a vida de Halyna Hutchins, esposa, mãe e nossa colega profundamente admirada. Estou cooperando totalmente com a investigação policial para resolver como essa tragédia ocorreu", escreveu Baldwin.

"Estou em contato com o marido dela, oferecendo meu apoio a ele e sua família. Meu coração está partido por seu marido, seu filho e por todos que conheciam e amavam Halyna", completou o ator.

Veja a seguir algumas imagens dos bastidores da gravação..




300x250px.gif
728x90px.gif