Tratadora de zoológico morre após ataque de tigresa siberiana


(Foto: Sputnik/Vitaly Ankov)

Uma tratadora do Zoológico de Zurique (Suíça) faleceu na manhã de 4 de julho após ataque de um tigre de Amur fêmea ocorrido no recinto do felino.

Visitantes horrorizados deram o alarme depois de ver a tigresa atacar a tratadora dentro do cercado.

Segundo informou a gerência do zoo em comunicado, a tratadora de 55 anos foi prontamente socorrida por colegas, que conseguiram atrair a tigresa para longe da sinistrada.

A malograda tratadora viria a falecer no local, apesar dos esforços de ressuscitação da equipe médica de emergência.

Não se sabe até agora por que a tratadora se encontrava no recinto junto com a tigresa.

O zoológico abriga dois tigres de Amur, também conhecidos como tigres siberianos, adultos: uma fêmea de cinco anos chamada Irina e um macho de quatro anos e meio chamado Sayan.

Foi criada uma equipe de aconselhamento para os visitantes e funcionários do zoológico que testemunharam o incidente.

O tigre de Amur, ou siberiano, é a maior espécie de tigre, com as fêmeas pesando até 185 quilos.

O Zoológico de Zurique reabriu em 6 de junho após a flexibilização das restrições pandêmicas, mas deve permanecer fechado durante o dia de hoje (5).


Fonte: Sputnik Brasil

300x250px.gif
728x90px.gif