top of page
banners dengue balde niteroi 728x90 29 2 24.jpg

Trocada pelo centrão, ex-ministra Ana Moser critica 'abandono do esporte'


(Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)

A ex-ministra Ana Moser falou publicamente, pela primeira vez, sobre a demissão do comando do Ministério do Esporte. A demissão de Moser foi oficializada na última quarta-feira (6). Ela foi substituída no cargo por André Fufuca (PP-MA), em uma troca cujo intuito é agradar o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), e obter votos dos partidos fisiológicos para aprovar projetos importantes do governo e do interesse da nação.


Em uma série de postagens na rede social X, antigo Twitter, ela afirmou que o potencial social do esporte ainda não é reconhecido por gestores no Brasil.

A postagem não foi a única crítica velada à decisão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de retirá-la do cargo para acomodar políticos da base aliada. Em entrevista a jornalistas, ela afirmou que a demissão representa o abandono do esporte.


"Foi uma decisão política, pena para o esporte. É um abandono do esporte, mas faz parte da política", disse a ex-ministra.


Ana Moser foi demitida no âmbito da reforma ministerial promovida por Lula para atender a demanda de partidos do centrão por cargos no alto escalão do governo.


Além dela, foram demitidos Daniela Carneiro, que foi substituída no Ministério do Turismo por Celso Sabino (União Brasil), e Marcio França, demitido do cargo de ministro de Portos e Aeroportos para dar lugar a Silvio Costa Filho (Republicanos).


Com a Sputnik Brasil

Chamada Sons da Rússia5.jpg
banners dengue balde niteroi 300x250 29 2 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page