top of page

TV BRICS apresenta conceito de mídia sustentável na Cúpula da China


A 5ª Cúpula Mundial de Mídia na China conta com a participação de 450 delegados de 101 países, incluindo chefes e especialistas de 197 mídias e centros de estudos, representantes de organizações internacionais, incluindo o Comitê Internacional da Cruz Vermelha, a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), autoridades de diferentes países e diplomatas.

A rede internacional TV BRICS está representada na cúpula de líderes da mídia de todo o mundo por sua Diretora Geral, Janna Tolstikova, e pela Diretora do Departamento de Cooperação Internacional, Daria Ivankova.


A experiência da rede internacional TV BRICS no desenvolvimento do setor de mídia global foi apresentada na sessão do painel "Construindo confiança: o papel da mídia na promoção do desenvolvimento humano e da segurança". A sessão também contou com a presença de Ali Naderi Boldaji, diretor administrativo da Agência de Notícias da República Islâmica (IRNA), Mohammed Jalal Al Rayssi, diretor geral da Agência de Notícias dos Emirados Árabes Unidos, Tamás Kovács, diretor geral da agência de notícias ATV ZRT da Hungria, Wong Chun Wai, presidente da Agência Nacional de Notícias da Malásia.


Janna Tolstikova, diretora geral da TV BRICS, observou vários fatores que contribuem para o desenvolvimento do setor de mídia, entre os quais ela destacou a cooperação internacional da mídia nacional e regional, o intercâmbio no campo das novas tecnologias de mídia, bem como a melhoria da qualidade da educação especializada no campo da mídia e do jornalismo.


"Vimos por experiência própria que a cooperação internacional e a troca de informações entre os recursos de mídia nacionais contribuem para o desenvolvimento dos países como um todo. <...> A TV BRICS hoje também desenvolve parcerias com universidades, instituições educacionais nos países do BRICS+. Há dezenas de universidades entre nossos parceiros. Apoiamos canais de TV estudantis e escritórios editoriais de mídia universitária. (...) O investimento em recursos humanos continua sendo um fator importante. Em particular, no desenvolvimento do potencial profissional dos trabalhadores da mídia, tanto jornalistas quanto gerentes de mídia, por meio de treinamento acadêmico e profissional, desenvolvimento profissional e troca de experiências", disse ela.


Líderes da mídia nacional e internacional compartilharam suas experiências de trabalho nas sessões temáticas: "Aceitando mudanças: resposta da mídia às novas oportunidades e desafios tecnológicos", "Inovações exclusivas: novos mercados de mídia na era digital", "Buscando o crescimento: cooperação mundial de mídia para um futuro melhor".


Daria Ivankova, diretora do departamento de cooperação internacional da TV BRICS, enfatizou a importância da cooperação regional de mídia em nível internacional e compartilhou os resultados do trabalho da TV BRICS nesse sentido:


"De acordo com a nossa experiência na TV BRICS, é importante levar em conta o nível de desenvolvimento da esfera da mídia em cada país. É importante transferir experiência e tecnologia, mas é igualmente importante não interferir no desenvolvimento e na operação do setor de mídia nacional e não impor sua maneira e sua experiência, mostrar respeito pela estrutura de mídia de outro país. Como diz o provérbio russo, não se entra em um mosteiro alheio com suas próprias regras", afirmou Ivankova


A rede internacional TV BRICS dá ênfase especial à cooperação com a mídia regional de diferentes países. É muito importante envolver a mídia regional, municipal, provincial e estadual, de cidades grandes e pequenas, no intercâmbio internacional.


"Entre nossos parceiros estão os canais de TV do Rio de Janeiro, a Agência de Notícias da Província de San Juan, a mídia da Internet das províncias de Jilin, Heilongjiang, Hubei e Sichuan, os canais de TV e sites de notícias da República da Mordóvia (Rússia), as regiões de Tyumen e Omsk, a Durban TV (província de KwaZulu-Natal, na África do Sul), o jornal do estado de Tamil Nadu, na Índia, e muitos outros", complementa.


Daria Ivankova também falou sobre o processo de cooperação de informações com a mídia de outros países.


"As notícias sobre essas regiões, preparadas por jornalistas locais em campo, chegam à mídia de outros países do BRICS, cujo público está em sintonia com as mesmas questões e desafios. Assim, a mídia regional e a agenda que ela está moldando estão alcançando um novo nível internacional, enquanto a importância do trabalho da mídia regional está se tornando cada vez maior."


A 5ª Cúpula Mundial de Mídia, que está sendo realizada em Guangzhou, China, conta com a participação de representantes de 197 veículos de mídia de 101 países, incluindo Rússia, EUA, Reino Unido, Índia, África do Sul e outros. O tema do evento deste ano é "Construindo confiança no mundo, promovendo o desenvolvimento da mídia". A cúpula será realizada até 8 de dezembro.


O evento é organizado pela agência de notícias Xinhua News Agency da China, parceira da rede TV BRICS. A Cúpula Mundial de Mídia é uma importante plataforma para a troca de experiências e coordenação de mídia.


Fonte: TV BRICS, parceira do TODA PALAVRA.


Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page