UFF recebe 86% de avaliações 'ótimo' e 'bom' no Enade


O gráfico mostra as avaliações recebidas pelos cursos da UFF, numa graduação de 1 (menor nível) e 5 (maior nível)

Os resultados do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) foram divulgados na última terça-feira, dia 20 de outubro. Dos 510 cursos de graduação que receberam a nota máxima, 67% são de universidades federais. As notas são distribuídas numa escala de 1 a 5, sendo 1 a menor e 5 a maior nota.

Nesta edição, 86% das graduações da UFF receberam conceitos 4 e 5, equivalentes a “muito bom” e “ótimo”. Em 2015, a universidade obteve conceito 5 em 18% dos cursos e conceito 4 em 50%, totalizando 68% nas duas faixas. Em 2019, são 36% dos cursos com conceito 5 e 50% com conceito 4, ou seja, um ganho de 18% nos últimos cinco anos.

Reitor Antônio Cláudio da Nóbrega comemorou resultado

“Mais uma vez as universidades públicas demonstram a excelência de suas ações. Essa contundente prova de qualidade dos cursos de graduação se soma ao fato de que mais de 95% das pesquisas do país são realizadas em instituições públicas, assim como ao papel de destaque dessas mesmas instituições no combate à pandemia do novo coronavírus. Portanto, é a Universidade Federal cumprindo sua missão de promover o tripé ensino-pesquisa-extensão em alto nível!”, comemorou o reitor Antonio Claudio Lucas da Nóbrega.

O Enade 2019 avaliou em todo o país cursos de bacharelado em Ciências Agrárias, Ciências da Saúde e áreas afins; Engenharias e Arquitetura e Urbanismo; e cursos superiores de Tecnologia em Meio Ambiente e Saúde, Produção Alimentícia, Recursos Naturais, Militar e Segurança. Desde 2004, o exame nacional do MEC, aplicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira  (Inep),  afere o rendimento dos estudantes dos cursos de graduação ingressantes e concluintes em relação aos conteúdos programáticos dos cursos em que estão matriculados. É obrigatório para os alunos selecionados, além de condição indispensável para a emissão do histórico escolar.

A participação dos estudantes egressos demonstra o comprometimento com a avaliação, a melhoria dos seus cursos e a resposta ao investimento da sociedade brasileira nas universidades públicas - Alexandra Anastacio Monteiro Silva

Na UFF, as graduações que receberam conceito “ótimo” (5) foram: Enfermagem (Niterói); Arquitetura (Niterói); Engenharia de Produção (Niterói); Engenharia de Produção (Petrópolis); Engenharia de Produção (EAD - Volta Redonda); Engenharia Química (Niterói); Farmácia (Niterói); Medicina Veterinária (Niterói); Nutrição (Niterói) e Odontologia (Niterói). Já os cursos que receberam conceito “muito bom” (4) foram: Biomedicina (Niterói); Biomedicina (Nova Friburgo); Enfermagem (Rio das Ostras); Engenharia de Agronegócios (Volta Redonda); Engenharia de Produção (Volta Redonda); Engenharia de Produção (Rio das Ostras); Engenharia de Recursos Hídricos e do Meio Ambiente (Niterói); Engenharia Mecânica (Niterói); Fonoaudiologia (Niterói); Medicina (Niterói) e Odontologia (Nova Friburgo).

Segundo a pró-reitora de graduação, Alexandra Anastacio Monteiro Silva, os cursos de graduação estão em processo de permanente avaliação das condições de oferta e de melhoria contínua do ensino visando à excelência. “Com foco nesse objetivo institucional, a Prograd tem desenvolvido ações exitosas de apoio, sensibilização e orientação técnica integradas à Divisão de Avaliação e à Comissão Própria de Avaliação da UFF”, destaca.

De acordo com Alexandra, as últimas edições do Enade evidenciam um aumento consistente na frequência de conceitos 4 e 5 para a universidade. “Este resultado é fruto do árduo trabalho das Coordenações de Curso, Núcleos Docentes Estruturantes, Comissões de Avaliação Local e dos professores da instituição. Além disso, a participação dos estudantes egressos demonstra o comprometimento com a avaliação, a melhoria dos seus cursos e a resposta ao investimento da sociedade brasileira nas universidades públicas”.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg