top of page

'Uma Terra, Uma Família, Um Futuro', propõe a cúpula do G20


A Declaração da Cúpula de Líderes do G20 em Nova Délhi visa acelerar o progresso dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável / Reprodução TV BRICS

Neste sábado, 9 de setembro, a cúpula do G20 adotou a Declaração de Nova Délhi, que recebeu 100% de consenso em todas as questões de desenvolvimento e geopolíticas. O Ministro das Relações Exteriores da Índia, Subrahmanyam Jaishankar, disse que a Declaração da Cúpula do G20 adotada visa promover um crescimento forte, sustentável, equilibrado e inclusivo.


Em uma coletiva de imprensa conjunta, Jaishankar disse: "A Declaração que os líderes acordaram hoje visa promover um crescimento forte, sustentável, equilibrado e inclusivo. Ela busca acelerar o progresso em direção aos ODSs e prevê um plano de ação".


O documento prevê um pacto de desenvolvimento verde para um futuro sustentável, endossa princípios de alto nível sobre estilo de vida para o desenvolvimento sustentável, princípios sobre utilização de hidrogênio, princípios sobre economia azul viável, princípios sobre segurança alimentar e nutrição e outros, acrescentou ele.


O ministro disse que a ideia por trás da presidência da Índia - "Uma Terra, Uma Família, Um Futuro" - tem a ver com inclusão, envolvendo mais participantes nos eventos do G20.


"Este ano, 20 estados-membros, nove estados convidados e 14 organizações internacionais estão participando da cúpula. É especialmente gratificante que a União Africana tenha se tornado um membro permanente do grupo", disse o ministro das Relações Exteriores da Índia.


Jaishankar disse que o papel transformador e inclusivo da tecnologia foi enfatizado com foco na infraestrutura pública digital, segundo informa ANI, o parceiro da rede TV BRICS.


A décima oitava edição da cúpula do G20 está sendo realizada em Nova Délhi nos dias 9 e 10 de setembro.



Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page