top of page

USP realiza Conferência de Pesquisadores do BRICS

A VII Conferência Internacional de Pesquisadores do BRICS foi realizada em São Paulo. O evento é organizado pelo Departamento de Direito Internacional e Comparado da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (FDUSP) e pelo Grupo de Estudos sobre os BRICS da Universidade de São Paulo (GEBRICS/USP). O grupo, liderado pelo Professor Paulo Borba Casella e registrado no Conselho Nacional Científico e de Pesquisa, é um dos maiores institutos de pesquisa do mundo.

Foto: elements.envato.com

A Conferência Internacional de Pesquisadores do BRICS existe desde 2017 e é organizada anualmente. Ela promove discussões científicas e diplomáticas sobre questões tópicas na agenda dos países do grupo.


Professores, acadêmicos, representantes, diplomatas e representantes consulares da China, Rússia, Índia e África do Sul participaram desse tradicional evento em 2023.


"BRICS possuem um papel a desempenhar no mundo multipolar em acelerada mutação, no qual o Brasil pode ser elemento para promover o diálogo e a coexistência pacífica. Ainda não se sabe como será a dinâmica, com seis novos estados -caso se confirme a participação da Argentina, o que ainda dependerá do resultado do segundo turno da eleição presidencial", disse Paulo Borba Casella, Coordenador-geral do GEBRICS-USP.


"Anualmente o Grupo de Estudos sobre os BRICS (GEBRICS-USP) organiza a conferência sobre os BRICS na USP. Na edição de 2023, mais de quarenta palestrantes de todas as nacionalidades BRICS participaram do evento na modalidade virtual e discutiram temas importantes da agenda BRICS, como meio ambiente, segurança alimentar, erradicação da pobreza, direito internacional humanitário, multilateralismo, energia limpa, saúde, reformas das organizações internacionais e o Novo Banco de Desenvolvimento", destacou Elen de Paula Bueno, Pesquisadora do Grupo de Estudos sobre os BRICS.


Fonte: TV BRICS

Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page