top of page
banner niteroi carnaval 780x90px 16 02 24.jpg

Vacina contra crack e cocaína será testada em humanos

A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) receberá R$ 10 milhões da Secretaria de Estado de Saúde de Minas para dar início aos testes clínicos da Calixcoca, vacina terapêutica contra a dependência de cocaína e crack. A pesquisa foi desenvolvida pelos cientistas da universidade e o acordo foi firmado na última sexta-feira (21/7), entre o secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti, e a reitora da UFMG, Sandra Regina.

Cientistas da UFMG que desenvolveram a vacina / Divulgação

“Temos reuniões com a Anvisa para ver quais são os procedimentos adotados. Teste clínicos são com as pessoas, e esse aporte inicial vai deixar com que a gente deixe esse salto. Os testes devem começar em breve, mas deve demorar de um a dois anos para termos esse resultado. Temos uma demanda social muito grande e acreditamos que vai mudar todo o tratamento da dependência do crack e cocaína”, afirmou a reitora.


Para o secretário de Saúde, caso a vacina se mostre de fato eficaz, poderá ajudar a reduzir o impacto do consumo de drogas em Minas.


“É um recurso do estado. As primeiras fases do estudo foram fomentadas pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG), e agora com os resultados promissores em camundongos, agora vem o ensaio clínico”, disse.

Chamada Sons da Rússia5.jpg
banner niteroi carnaval 300x250px 16 02 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page