top of page

Venezuela e Colômbia reatam laços militares e reabrem fronteira


(Foto: Carlos Eduardo Ramirez)

Caracas e Bogotá restauraram as ligações militares em meio à normalização das relações bilaterais. A ação vem após a eleição do primeiro presidente esquerdista da Colômbia.

Vladimir Padrino, ministro da Defesa da Venezuela, anunciou no sábado (24) que restabeleceu os laços militares com a vizinha Colômbia.


O ministério publicou fotos mostrando os ministros da Defesa dos dois países apertando as mãos.

"Ministros da Defesa da Venezuela, Vladimir Padrino, e da Colômbia, Iván Velásquez, realizam encontro para iniciar relações bilaterais em matéria militar, fortalecendo assim os laços de fraternidade entre os povos filhos de [Simón] Bolívar. Somos um só povo!"


Segundo Padrino, as negociações tinham como objetivo restaurar a confiança e a paz na fronteira.

Gustavo Petro, primeiro presidente esquerdista da Colômbia, disse no início de setembro que estava empenhado em restaurar as relações bilaterais com a Venezuela após elas terem sido interrompidas em 2019, quando Bogotá se recusou a reconhecer a reeleição do presidente Nicolás Maduro.


É planejado que nesta segunda-feira (26) reabra a fronteira entre os dois países sul-americanos, com a presença dos dois chefes de Estado. Ela estava fechada desde 2015, após uma crise diplomática, com as difíceis relações bilaterais garantindo a continuação da situação.


Fonte: Agência Sputnik

Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page