Vereador Gabriel Monteiro vira réu por assédio sexual


Vereador, youtuber e ex-PM, Gabriel Monteiro virou réu pela segunda vez (Reprodução)

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro aceitou a denúncia contra o vereador e youtuber Gabriel Monteiro (PL) pelos crimes de assédio sexual e importunação contra uma ex-assessora. Com a decisão, o ex-PM virou réu pela segunda vez, visto que a Justiça já havia aceito uma outra denúncia, em que ele é acusado pelo vazamento de um vídeo em que aparece tendo relações sexuais com uma adolescente de 15 anos.

De acordo com a denúncia do Ministério Público do Rio de Janeiro, os crimes de assédio e importunação foram cometidos contra a ex-assessora Luiza Caroline Bezerra Batista, de 26 anos. A funcionária acusa o parlamentar bolsonarista de acariciá-la sem seu consentimento. Ela afirma que algumas dessas situações estão registradas nos vídeos em que ajudava a gravar para os canais do vereador na internet.

Além dos dois processos na Justiça Criminal, Monteiro enfrenta um processo de cassação do mandato no Conselho de Ética da Câmara de Vereadores do Rio.

O vereador sempre negou as acusações.

Em nota, o Tribunal de Justiça afirmou que "o processo está em segredo de justiça, por se tratar de um crime de violência sexual. Neste caso, deve se garantir a preservação da identidade da vítima".

300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif