Vereadores se unem contra instalação de tanatório em bairro de SG

Atualizado: Fev 25


Foto: Divulgação

Durante a sessão plenária desta terça-feira (23), na Câmara Municipal de São Gonçalo, o vereador Cici Maldonado (PL) usou a tribuna para denunciar e demonstrar indignação com a instalação de um tanatório no bairro Gradim. Segundo o parlamentar, o empreendimento está causando preocupação aos moradores do bairros adjacentes.


Ainda pouco comum, o tanatório é um estabelecimento empresarial do segmento funerário cuja atividade principal é acolher cadáveres antes de serem embalsamados, cremados ou sepultados. Na maioria dos casos, esse serviço póstumo serve para impedir que o corpo entre em decomposição. O procedimento é feito a partir de uma incisão de aproximadamente quatro centímetros na região cervical ou femoral utilizando um bisturi. Por essa perfuração substâncias químicas como formol, álcool, glicerina, entre outras, são injetadas no corpo expulsando o sangue pela veia jugular.


"A instalação da referida empresa deste ramo numa localidade predominantemente residencial, além de sanitariamente imprópria, revela a insensibilidade e a insensatez do empreendedor", afirma o vereador Cici Maldonado, que conclui: "Não queremos que o empresário saia da nossa cidade, não é sobre isso. Mas queremos que este empreendimento seja instalado em um lugar adequado e que não seja em um lugar residencial como é onde está agora".


O galpão está localizado na Rua Capitão Antônio Inácio da Silva, nº 1828, com fundos para a Rua Doutor Gradim, e é cercado por imóveis residenciais, inclusive está situado em frente a uma escola. De acordo com as “Orientações Técnicas para o Funcionamento de Estabelecimentos Funerários e Congêneres”, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), uma das principais condições para funcionamento de empresas do ramo funerário é "não possuir comunicação física com ambiente de domicílio ou outro estabelecimento que realize atividades não relacionadas às atividades funerárias".


Um abaixo-assinado está circulando no bairro e somente nas primeiras horas alcançou mais de seiscentas assinaturas de moradores e comerciantes. No plenário da Câmara Municipal, após o pronunciamento do vereador Cici Maldonado, o manifesto público ganhou mais 20 importantes assinaturas. Todos os parlamentares presentes à sessão estenderam a apoio à inciativa popular e comprometeram-se a também lutar para que a referida empresa seja instalada em local apropriado para prestação desse tipo de serviço.


“Convido a todos colegas vereadores a rubricarem esse abaixo-assinado e participarem efetivamente dessa luta, denunciando, oficialmente, esse contrassenso ao governo municipal e demais órgãos de controle, fiscalização e vigilância sanitária estadual”, conclamou Cici Maldonado.

 Conheça a nova Scooter Elétrica

Não precisa de CNH, sem placa e sem IPVA

Leia também:

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle