Vulcão na Indonésia já fez 22 mortos e dezenas desaparecidos


(Antara Foto/Jabur Karuru-Agência Brasil)

Subiu para 22 o número de mortos e dezenas de pessoas desaparecidas depois que o vulcão Semeru voltou a ficar ativo nesta segunda-feira (6), na Indonésia. É o terceiro dia de erupção violenta com o lançamento de nuvens fumegantes de cinzas, que cobriram vilarejos próximos da montanha mais alta da ilha de Java.

Imagens aéreas mostraram telhados emergindo de uma paisagem de cinzas, enquanto, em terra, militares e moradores revolviam a lama para retirar vítimas.

O Centro Indonésio de Mitigação de Desastres de Vulcanologia e Geologia alertou, nesta segunda-feira em sua conta no Twitter, para uma atividade sísmica contínua.

"O Semeru é um dos vulcões mais ativos da Indonésia, ele continuará ativo", disse Liswanto, chefe do Observatório do Vulcão Semeru, à Reuters.

Alguns moradores voltaram para casa em busca de pertences e para salvar o gado, mas Liswanto pediu às pessoas que se mantenham a uma distância segura.

"As pessoas precisam ser mais vigilantes, porque a ameaça em potencial persiste", orientou.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg