top of page

Zeca Pagodinho, Iza e Martnália são atrações no réveillon do Rio


(Foto: Fernando Maia/Riotur)

Após dois anos de pandemia de covid-19, a cidade do Rio voltará a ter uma festa da virada na Praia de Copacabana. O réveillon na orla de Copacabana terá dois palcos e 20 torres de som, além da tradicional queima de fogos com duração de 12 minutos.


No Palco Copacabana, as atrações serão os cantores Zeca Pagodinho, Iza, Alexandre Pires, além da bateria da Grande Rio. Já no Palco Carioca, Martnália, as bandas Gilsons e Bala Desejo, e a bateria da Beija-Flor vão comandar a festa. Também haverá shows e queima de fogos nos bairros do Flamengo, Madureira, Penha, Ilha do Governador, Ramos, Pedra de Guaratiba, Sepetiba e Paquetá.


“Depois de dois anos de pandemia, a gente poder celebrar a vida, a passagem de ano, aglomerando, se abraçando, juntando, se beijando sem máscara, por si só, já é épico. Vai ser uma celebração”, disse o prefeito do Rio, Eduardo Paes, durante a coletiva de imprensa com o anúncio dos detalhes do réveillon no Hotel Copacabana Palace.


Segundo Paes, serão investidos cerca de R$ 30 milhões na festa do réveillon. “Uma parte disso virá do setor privado. Já temos dois patrocinadores e estamos esperando a possibilidade de ter mais patrocinadores”.


A organização do réveillon informou que está adaptando a queima de fogos às novas normas sobre o uso de fogos de artifício. A nova regra proíbe qualquer utilização de fogos de artifício por indivíduos isolados, mas permite o uso de fogos sem estampidos ou, ainda, os que produzam barulho de até 120 decibéis nos casos de eventos realizados pela prefeitura do Rio ou por instituições autorizadas pelo Executivo municipal.

Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page