Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

  • Da Redação

Mourão afirma que queimadas são "encenação"

O vice-presidente, general Hamilton Mourão (PRTB), publicou ontem (sábado, 19/9) um artigo em sua conta no Twitter, intitulado "Amazônia em chamas?", onde afirma que os incêndios florestais na Amazônia e no Pantanal são "o coelho da vez, tirado da cartola", ou uma "encenação" para culpar o governo Bolsonaro e enganar a população.


Vice-presidente Mourão diz que queimadas são "encenção". Marcelo Camargo /Agência Brasil

No artigo, ele tenta desqualificar os dados do Inpe, e defende que os satélites não são confiáveis, já que "acusam todos os focos de calor", até uma "fogueira, por exemplo".


Mourão afirma que houve, sim, um aumento — que seria de 11% segundo ele — em relação às queimadas no ano passado, mas que nem todos os focos de incêndio são ilegais.


“Os dados brutos não distinguem as [queimadas] ilegais das legais, que são aquelas ocorridas dentro dos 20% de terra que, de acordo com nossa legislação, pode ser explorada no bioma Amazônia. Os fatores que levam a uma queimada não são matemáticos, pois questões ambientais e humanas influenciam tanto a ignição como a propagação e contenção do evento. Não é uma ciência exata”, escreve.


Seguindo o mesmo discurso que o governo tem repetido diante das críticas internacionais sobre o descaso do Brasil com a preservação da Amazônia, o vice-presidente enfatizou que há um exagero no tratamento do tema por outros países. No texto, Mourão diz que as queimadas ocorrem, mas “não na proporção trágica e com o descaso dos governantes como querem crer os donos das cartolas e dos coelhos”.


“Nos últimos tempos, os mais variados atores acusam o Brasil de não ser capaz de cuidar do seu patrimônio ambiental, em particular a Amazônia. Uma ironia, levando em consideração que somos o País que menos desmatou na história da humanidade. Como exemplo, cito que nos primórdios da vida na terra a Europa possuía 7% das florestas do mundo e o Brasil 9,8%. Hoje os europeus contam com 0,1% e nosso País com 28,9% da cobertura florestal mundial”, escreve Mourão.


A posição de Mourão reforça a declaração recente do presidente Jair Bolsonaro, em reunião virtual no dia 11 deste mês com presidentes da América do Sul para discutir a preservação do meio ambiente. Na ocasião, Bolsonaro afirmou: “Essa história de que a Amazônia arde em fogo é uma mentira”.


A publicação do texto vem logo depois de o governo da França declarar na última sexta-feira (18/9) que se opõe ao atual acordo de livre comércio entre União Europeia e Mercosul devido a "grandes" preocupações a respeito do desmatamento no Brasil e das tentativas do governo brasileiro de minimizar a crise ambiental nos dois biomas.


Leia o texto:



Os anunciantes pagam ao jornal por cada clique dos leitores. Clicando em nossos anúncios você ajuda a manter o TODA PALAVRA sem pagar nada por isso

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle