top of page

Axel visita obras da Maternidade Alzira Reis

As obras da Maternidade Municipal Alzira Reis, referência na prática do parto humanizado, seguem a todo vapor. O prefeito de Niterói, Axel Grael, visitou na manhã desta quinta-feira (1/2), a ação de reestruturação da unidade de saúde, em Charitas, para conferir os avanços do projeto.

Além de aumentar a capacidade de atendimento em 30%, a reformulação também vai possibilitar a implantação de uma Unidade de Cuidados Intermediários para recém-nascidos, ambientes de acolhimento e muito mais. A obra, com previsão de entrega para setembro deste ano, está sendo executada pela Empresa Municipal de Moradia, Urbanização e Saneamento (Emusa).

Depois de acompanhar a evolução da estrutura, o prefeito destacou o simbolismo que a maternidade, que já funciona há 20 anos, tem para a cidade e a região.

“É uma unidade histórica, que tem credibilidade e reputação. É uma das poucas experiências duradouras no setor da saúde pública que oferece parto humanizado para a população. O nosso objetivo é ir além e oferecer mais modernização para esse serviço. Vamos ter mais salas, equipamentos novos e melhorias em toda a infraestrutura”, afirma Grael.

Atualmente, já foram concluídas a execução da fachada principal e das áreas do setor administrativo, seguidos da execução da parte de alvenaria da cozinha e instalação das esquadrias de madeira que abrigarão as portas no interior da unidade.

No local onde funcionarão os alojamentos, as paredes foram preparadas para receber a pintura, e no setor de laboratório, houve a demolição de parte da alvenaria. Também estão em andamento a execução da fundação e do poço do elevador na área anexa ao prédio principal.

Anamaria Schneider, secretária municipal de Saúde, também acompanhou a visita e reforçou o compromisso da gestão municipal em promover a dignidade nos partos das niteroienses.


“A gente espera melhorar a qualidade da assistência da obstetrícia aqui em Niterói. Vamos proporcionar um atendimento com mais dignidade, conforto, ambiência com equipamentos e mobiliários novos, onde a mulher possa ser atendida de forma completa”, destaca a secretária.


O parto humanizado consiste na assistência da mulher em todas as etapas. É um conjunto de procedimentos, que vão desde situações de abortamento ao puerpério, compartilhando, ouvindo e respeitando a mãe. Tudo isso tem o objetivo de proporcionar uma experiência mais segura e acolhedora.

Por conta disso, na ala de internação, cinco novos ambientes realizarão procedimentos de pré-parto, parto e pós-parto. Também haverá áreas específicas para acompanhantes e atividades de apoio ao aleitamento, todos os espaços com as normas de acessibilidade.

Também será implantada uma Unidade de Cuidados Intermediários para recém-nascidos e ambientes de acolhimento das gestantes, com salas para exames de ultrassonografia, ecocardiograma e análises clínicas; leitos de observação para avaliação da indicação de internação; além de ambientes planejados para estar de acompanhantes e para as atividades de apoio ao aleitamento.

Outro destaque da reestruturação da Maternidade é o foco em sustentabilidade. O projeto prevê intervenções nas instalações elétricas, hidráulicas e sanitárias. A edificação também ganhará sistema de ar condicionado, com aquecimento solar, elevadores eficientes, iluminação natural com sensores de presença, reuso da água da chuva, acessibilidade visual, telhados e paredes verdes.


O investimento é de cerca de R$20 milhões.Até a finalização da obra, as pacientes da Maternidade Municipal Alzira Reis estão sendo acolhidas no Hospital Universitário Antônio Pedro (Huap).

Fonte: Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói


Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page