BC eleva taxa de juros ao seu maior patamar desde 2017


(Raphael Ribeiro/BCB)

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central elevou nesta quarta-feira (8) a taxa Selic em 1,5 ponto percentual, passando de 7,75% para 9,25% ao ano. Esse foi o segundo aumento seguido em 1,5% e o sétimo consecutivo da taxa básica de juros, que chega ao seu maior patamar desde julho de 2017. A taxa atinge, portanto, o maior nível do governo Bolsonaro. Quando o presidente chegou ao poder, a taxa Selic estava em 6,50%.

A decisão acontece em meio à recessão técnica, com forte alta dos preços, principalmente de alimentos, energia elétrica e combustíveis, e crescimento da inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Em outubro, o índice ficou em 1,25%, o maior para o mês nos últimos 19 anos. Em 12 meses, o IPCA (a inflação oficial) chegou a 10,67%.


300x250px.gif
728x90px.gif