top of page
banner natal 450 anos niteroi 728x90 TODAPALAVRA.jpg

Brasil tem 4º maior PIB do mundo no 1º trimestre de 2023


(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Um levantamento divulgado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) mostra o Brasil na quarta posição em crescimento no mundo com o avanço de 1,9% do Produto Interno Bruto (PIB) registrado no primeiro trimestre de 2023, na comparação com economias de 61 países neste período. O crescimento médio dessas economias foi de 0,4%, com o Brasil ficando atrás apenas de Hong Kong, Polônia e China. Os piores desempenhos foram apontados nas economias do Reino Unido (0,1%), Alemanha (0%), Hungria (-0,2%), Áustria (-0,3%), Holanda (-0,7%), Irlanda (-2,7%) e Lituânia (-3%).


O crescimento do Brasil ficou em igual patamar ao da Tailândia, que também cresceu 1,9%. Logo atrás, vieram Portugal (1,6%), Colômbia (1,4%), Croácia (1,4%) e Estados Unidos (1,3%). O ranking inclui economias que já divulgaram resultados e projeções.


O Ministério da Fazenda divulgou nota sobre o desempenho do Brasil no trimestre e ressaltou que, dentre as economias do G20, o Brasil teve o segundo melhor desempenho na comparação trimestral.


“Dentre os países do G-20 que já divulgaram o resultado do PIB do 1T23, o Brasil apresentou o segundo melhor desempenho na comparação trimestral, a 3ª posição na comparação interanual e a 3ª posição na comparação em termos de variação acumulada em 4 trimestres”, disse a Secretaria de Política Econômica.


Lula aposta em PIB acima do previsto

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse estar confiante com o crescimento da economia brasileira. Para ele, o PIB - a soma de todos os bens e serviços produzidos no país- deve superar as estimativas do Fundo Monetário Internacional (FMI) em 2023.


O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quinta que o PIB cresceu 1,9% no primeiro trimestre deste ano, na comparação com os últimos três meses do ano passado.


“A gente vai crescer mais do que a expectativa que o FMI está fazendo. Como nós já recuperamos todas as nossas políticas sociais, o dinheiro começa a circular junto às pessoas mais pobres desse país. Essas pessoas vão virando consumidor, esse consumo vai gerando mais comércio. Esse comércio vai gerando mais emprego, esse emprego vai gerando mais salário, esse salário vai gerando mais emprego e mais consumo. É isso que eu faço a aposta”, disse o presidente aos jornalistas.


Lula acrescentou que “vão ficar surpresos com a nossa economia”, em referência ao fundo.


Em abril, o FMI reduziu a previsão de crescimento da economia brasileira para 0,9% em 2023, abaixo da média mundial e da média dos países da América Latina e Caribe. No relatório anterior, de janeiro, a previsão era maior, de 1,2%.


Confira o ranking das dez economias que mais cresceram no 1º trimestre.

Hong Kong 5,30%

Polônia 3,80%

China 2,20%

BRASIL 1,90%

Tailândia 1,90%

Portugal 1,60%

Colômbia 1,40%

Croácia 1,40%

Estados Unidos 1,30%

Filipinas 1,10%

México 1,00%

Malásia 0,90%

Chipre 0,80%

Tunísia 0,80%

Canadá 0,80%

Chile 0,80%

Israel 0,60%

Itália 0,60%

Letônia 0,60%

Suécia 0,60%

Fonte: Austin Rating, com dados do Fundo Monetário Internacional.


Com informações da Folha de São Paulo e Agência Brasil

Chamada Sons da Rússia5.jpg
banner natal 450 anos niteroi 300x250 - TODAPALAVRA.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page