top of page

Cisp monitora veículos e auxilia na apreensão

O Centro Integrado de Segurança Pública de Niterói (Cisp) auxiliou as forças policiais em ações para duas apreensões que aconteceram nesta sexta-feira (16/9) e no sábado (17/9). Informações recebidas de Policiais Civis da 75ª DP (Rio do Ouro) e de Policiais Civis da Delegacia Especial de Atendimento à Pessoa da Terceira Idade (DEAPTI), os Guardas Civis Municipais da Agência de Inteligência do Centro Integrado de Segurança Pública (AICISP) passaram a monitorar dois veículos, que foram inseridos no sistema de Cercamento Eletrônico.

Veículo com placa adulterada / Divulgação

O primeiro caso foi de um veículo que estaria trafegando em Niterói com placa adulterada. Guardas Civis Municipais da AICISP localizaram o veículo no Fonseca, na Zona Norte. O monitoramento aconteceu após a passagem do carro suspeito no sistema de Cercamento Eletrônico. Os agentes do CISP passaram a monitorá-lo e repassaram as informações em tempo real para as equipes na rua. Policiais Militares da Operação Segurança Presente imediatamente montaram o cerco tático e realizaram a abordagem na Alameda São Boaventura. Durante a abordagem foi verificada a adulteração de um dos caracteres na placa com a utilização de fita isolante. O condutor e o veículo foram conduzidos à 78ª DP (Fonseca).


Neste sábado, foi identificado um carro do modelo Nivus, de cor cinza, suspeito de clonagem que estaria sendo utilizado em golpes em postos de gasolina. O condutor abastecia em postos de Niterói e São Gonçalo, mas não efetuava o pagamento. O veículo foi localizado na Estrada Caetano Monteiro, Badu. Os agentes do CISP repassaram as informações em tempo real para as equipes na rua. Policiais Militares montaram o cerco tático e realizaram a abordagem. O condutor do automóvel e o veículo foram conduzidos à 79ª DP (Jurujuba).

Veículo clonado era usado para assaltos em postos de gasolina / Divulgação

Auxílio às forças de segurança


O Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), ferramenta criada pela Prefeitura de Niterói para auxiliar as forças de segurança no combate à criminalidade, vem servindo de exemplo para especialistas em segurança, de diversos municípios e estados brasileiros, que buscam o local para avaliar como o trabalho, que já ajudou a reduzir em até 80% os índices de criminalidade, é feito.


O Cisp prepara a ampliação do uso de tecnologia de ponta (Projeto Cisp 2.0), com aperfeiçoamento do software, visando a modernização do Centro para os próximos 10 anos. O CISP recebe denúncias e informações através dos números 153 (telefone) e (21) 98450-0153 (WhatsApp).


O órgão também recebe, na área de delitos, denúncias ou comunicados de roubos, furtos, clonagem de veículos, atitude suspeita, apoio, averiguação preventiva, estelionato, dentre outros. Para cada ação, denúncia ou comunicado, os operadores do Call Center orientam para o órgão responsável ou o setor de inteligência passa a rastrear a situação.


O Cisp integra as forças de segurança estaduais, federais e municipais, além do Corpo de Bombeiros, NitTrans e Defesa Civil, e proporcionou a maior redução de criminalidade que já havia sido registrada na cidade nos últimos 20 anos, chegando a reduzir em mais de 80% alguns indicadores como furtos, roubo de veículos, letalidade violenta, entre outros.


Fonte: Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói


Kommentare


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page