top of page

HEAL fará 78 anos com emergência e maternidade reformadas

A nova emergência clínica e ortopédica do Hospital Estadual Azevedo Lima (HEAL), em Niterói, foi inaugurada na última quinta-feira (15/6) pelo governador Cláudio Castro e pelo secretário de Estado de Saúde, Dr. Luizinho. A obra inclui salas de classificação de risco, de medicação e de imobilização, além de aparelho de tomografia computadorizada. O investimento é de R$ 6 milhões.

Foto: Maurício Bazilio / Governo do Estado do Rio

A unidade hospitalar, que está completando 78 anos, é referência no atendimento de alta complexidade para a população de sete municípios da Região Metropolitana e recebe em média seis mil pacientes por mês, tanto na emergência quanto na maternidade, cuja reforma está em fase final.


O aparelho de tomografia computadorizada é de última geração, capaz de realizar exame de imagem de emergência quatro vezes mais rápido que o atual. Com as obras, o hospital ganhou acesso diferenciado, que é a Recepção Geral, com a nova entrada da urgência adulto e urgência obstétrica. A fachada também recebeu nova identidade visual.


Com a reforma, a maternidade ganha novas alas de emergência obstétrica (clínica e ortopédica), consultório de acolhimento da gestante, salas de exames para cardiotocografia (método de avaliação de bem-estar fetal) e ultrassonografia. Serão renovados os leitos para internações, oferecendo mais qualidade de atendimento. Atualmente, são atendidas mensalmente mais de 1,5 mil mulheres entre gestantes, puérperas, vítimas de violência, entre outras, nesta ala da unidade.

Fotos: Maurício Bazilio / Governo do Estado do Rio


Na segunda etapa do projeto, o hospital ganhará também um novo Centro de Tratamento Intensivo (CTI) e uma nova farmácia. É nesse contexto que a unidade passará a contar com espaço interativo na pediatria.


Acompanhado da primeira-dama, Analine Castro, Cláudio Castro, entregou kits do programa 'Laços - Maternidade Segura', para mulheres que estavam com seus filhos recém-nascidos no hospital. Cada um com mochila, roupas, nécessaire, mantas e toalhas para o bebê, além de camisa para amamentação e um 'sling', tecido utilizado para carregar bebês junto ao corpo de um adulto. Dr Luizinho explicou que os kits estão sendo entregues em todas as maternidades estaduais.


Para Vitória Rodrigues, de 23 anos, que teve sua filha Mirella na quarta-feira (14/6) no hospital, o kit veio em boa hora.


"Vai ajudar bastante, principalmente quando eu levar minha filha para a rua. Vieram muitos itens aqui dentro e não tínhamos uma mochila grande assim. Será mais prático até mesmo para ir em algum lugar mais distante", elogiou Vitória.

Foto: Maurício Bazilio / Governo do Estado do Rio

Já para Andreza Rodrigues Lopes, de 25 anos, que deu à luz no mesmo dia, o presente vai reforçar o enxoval da filha Heloísa.


"Vai ser muito útil. O que vem dentro da mochila vai complementar o que eu já tinha comprado", explicou Andreza.


A obra vinha sendo aguardada há tempos pela população, como observou o secretário de Estado de Saúde, Dr. Luizinho:


"Vamos transformar o Hospital Estadual Azevedo Lima, que já conta com uma equipe de primeira linha, em um dos melhores do Brasil. A qualidade dos nossos profissionais pede melhores condições de trabalho. O mais importante é que teremos esse equipamento de qualidade para as gestantes de toda a Região Metropolitana II e não somente de Niterói. A obra é aguardada há muito tempo pela população de Niterói e municípios ao redor que são atendidos na unidade", afirmou.


*Com informações do Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro

Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page