top of page
banner natal 450 anos niteroi 728x90 TODAPALAVRA.jpg

Jovens de Niterói terão aulão de 12 horas antes do Enem

A pouco tempo da segunda etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), neste sábado (11/11), os jovens terão à disposição um aulão de 12 horas seguidas para refrescar a memória do que foi estudado ao longo do ano. O pré-vestibular social da Prefeitura de Niterói, Aprova Jovem, é gerido pela Coordenadoria de Políticas Públicas da Juventude. O programa busca amenizar a desigualdade social e dar oportunidade de estudo e preparo a jovens de renda mais baixa.

Divulgação / Prefeitura de Niterói

A coordenadora de políticas para a juventude de Niterói, Luisa Assumpção, acredita que o programa é uma porta de acesso ao ensino superior.


“Acreditamos na educação como caminho para a emancipação das juventudes e o acesso ao ensino superior como direito de todas e todos. O Aprova Jovem busca fazer valer esse direito, dando oportunidade de estudo e preparo aos jovens de menor condição de renda para enfrentar o desafio do Enem e alcançar o sonho do acesso à Universidade Pública”.


O Aprova Jovem, junto com a plataforma de ensino online Descomplica, vai proporcionar uma maratona de 12 horas de aulas voltadas para questões do Enem no canal Descomplica. No sábado passado (4/11), antes da primeira prova do Exame, a live teve mais de 190 mil visualizações.


O Aprova Jovem aposta em jovens como Deivyson Dinther que, em 2019, morava no Caramujo, participou do programa e foi aprovado no vestibular para o curso de Engenharia de Recursos Hídricos e Meio Ambiente na Universidade Federal Fluminense (UFF).


“São 27 anos de muita luta. Hoje sou empreendedor e graduando na UFF e sigo buscando sempre superar as adversidades. Nasci em Niterói, na época morava no Caramujo e atualmente estou no Fonseca. Minha trajetória vem da escola pública. Também concluí um curso técnico de mecânica industrial no Senai e foi aí que comecei a buscar me inserir na questão acadêmica, prestando vestibular, para poder me preparar melhor”, explicou Deivyson Dinther.


O jovem atualmente é um empreendedor na área de energias renováveis após participar de um projeto de extensão na universidade do qual também já foi tutor em algumas aulas. De acordo com Deivyson, o Aprova Jovem é um facilitador na busca por uma vaga na universidade.


“O programa é uma grande oportunidade. É uma política pública inclusiva O Aprova Jovem tem uma questão de ser um facilitador. A gente recebe os logins e a pessoa pode acessar de casa, fora as aulas presenciais. Isso com todo suporte e atenção dos professores. É uma oportunidade única”, concluiu o universitário.


Fonte: Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói

Chamada Sons da Rússia5.jpg
banner natal 450 anos niteroi 300x250 - TODAPALAVRA.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page