Menina de 5 anos morre de bala perdida na virada do ano


A menina Alice Pamplona da Silva estava no colo da mãe quando foi atingida pela bala perdida (Foto: Reprodução)

Uma menina de cinco anos, moradora do Morro do Turano, no Rio Comprido, Zona Norte do Rio de Janeiro, morreu na madrugada desta sexta-feira (1º), após ser atingida por um tiro durante a queima de fogos na virada de ano. Ela estava no colo da mãe quando foi atingida.

Alice Pamplona da Silva estava no colo da mãe, no quintal da própria casa e foi atingida no pescoço. Ela chegou a ser levada para o Hospital Casa de Portugal, mas não resistiu.

A princípio, a família acreditava que o ferimento teria sido causado por fogos de artifício, mas os médicos constataram que foi um tiro.

De acordo com a Polícia Militar, no momento da ocorrência não havia operação policial na região, nem confronto armado envolvendo equipes da corporação.

A Polícia Civil informou que o caso foi registrado na 6ª DP, na Cidade Nova, e um inquérito foi instaurado para apurar o crime. Os pais prestaram depoimento e outras testemunhas serão ouvidas pela Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) para identificar e esclarecer de onde partiu o tiro que atingiu Alice.

Em 2020, 12 crianças morreram baleadas no estado do Rio de Janeiro. Duas delas, eram as primas Emilly Victoria, de 4 anos, e Rebeca Beatriz Rodrigues, de 7 anos, mortas enquanto brincavam na porta de casa, na comunidade Barro Vermelho, em Duque de Caxias, em 5 de dezembro, por tiros de policiais, segundo testemunhas. Todas as vítimas eram negras e moravam em bairros da periferia.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg