Meteoro assusta moradores no Triângulo Mineiro

Às 20h47m de sexta-feira (14/1), moradores da região do Triângulo Mineiro (MG) avistaram apreensivos uma bola de fogo cruzando o céu, vinda do oeste, e que iluminou a noite por alguns segundos. Outros disseram ter ouvido uma explosão, ao mesmo tempo que paredes e janelas tremeram. Alguns chegaram a pensar que seria a queda de um disco voador. Mas tratava-se, na verdade, de um bólido - meteoro muito luminoso -, que cruzou o céu de Minas Gerais e foi observado, pelo menos, em outros quatro estados no Brasil.

Meteoro no céu de Patos de Minas (MG) / Foto: Ivan Soares / BRAMON

Em território mineiro, câmeras de celulares e de segurança registraram o momento da passagem do meteoro pela atmosfera da terra, assim como as lentes da BRAMON (Rede Brasileira de Observação de Meteoros, e do Clima ao Vivo) captaram imagens do bólido também nos céus de São Paulo, Goiás e Distrito Federal.

Segundo dados da BRAMON, o meteoro atingiu a atmosfera da Terra em um ângulo de 38,6°, em relação ao solo, e começou a brilhar a 86,6 km de altitude sobre a zona rural de Uberlândia. Seguiu a 43,7 mil km/h, percorrendo 109,3 km em 9,0 segundos, e desapareceu a 18,3 km de altitude, entre os municípios de Perdizes e Araxá.

Trajetória do bólido / BRAMON

Esses objetos viajam a altíssimas velocidades e quando atingem a atmosfera terrestre se comprimem e aquecem os gases à sua frente, criando uma 'cauda' de plasma que brilha intensamente, como uma bola de fogo. O barulho e a vibração são efeitos da onda de choque gerada quando o meteoro atinge camadas mais baixas e densas da atmosfera. A alta resistência do ar faz com que a rocha se parta em pedaços menores chamados de meteoritos, que resistem à pressão atmosférica e atingem o solo.


A equipe da BRAMON agora elabora cálculos para determinar o tamanho do objeto e da área de dispersão dos possíveis meteoritos. Quem tiver algum registro de imagem, ou observou a passagem do meteoro e quiser relatar, pode entrar em contato através do formulário (clique aqui).


Assista:



300x250px.gif
728x90px.gif