Niterói usa robôs para inspeção em galerias pluviais


Robôs que flutuam, drones e câmeras. A Prefeitura de Niterói está apostando na inspeção robótica para a avaliação de galerias pluviais de difícil acesso, possibilitando detectar problemas com mais rapidez e realizar a manutenção. O trabalho, coordenado pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (Seconser), utiliza veículos comandados por controle remoto.

Foto: Douglas Macedo / Prefeitura de Niterói

O prefeito de Niterói, Axel Grael, explica que todos os trechos dos rios que são de difícil acesso, que são cobertos, serão vistoriados em todas as regiões da cidade.


“Esses equipamentos estão ajudando bastante. Vamos mapear a extensão de grandes trechos de rios cobertos. Toda obra de engenharia precisa de manutenção. Estamos avaliando as estruturas e identificando obstruções. Após as vistorias, são emitidos laudos e, caso seja constatada a necessidade de reparo, são programados os serviços”, enfatiza.


Foto: Berg Silva / Prefeitura de Niterói

O trabalho foi iniciado em janeiro e a duração é de 18 meses. De acordo com a Seconser o serviço já foi realizado na Martins Torres (Santa Rosa), Alameda São Boaventura em toda a parte coberta do canal, próximo a Ponte Rio-Niterói, na altura do clube Marajoara até a entrada da Ilha da Conceição e canal da Washington Luiz, no Centro. Entre os próximos locais que receberão a inspeção robótica estão o Rio Icaraí, Rio Maruí (Barreto), Fazendinha (Cafubá), canal da Ary Parreiras, São Francisco e Ilha da Conceição.


Fonte: Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg