Professora de Itaboraí leva turma à semifinal da Olimpíada de Língua Portuguesa


Foto: Divulgação

Este dia 15 de outubro, Dia Nacional do Professor, será diferente para a professora de Língua Portuguesa , Danusa Ferreira, do 9º ano da Escola Municipal Jornalista Alberto Torres, em Apolo II. É que a data será véspera da divulgação dos finalistas da Olimpíada de Língua Portuguesa. E a professora, alunos e direção da unidade escolar de Itaboraí estão na expectativa de serem um dos 12 escolhidos. Os alunos Douglas Melo e Nícolas Cabral, da turma 901, tiveram as suas crônicas selecionadas para representar o estado do Rio de Janeiro na semifinal da competição.


O resultado, inédito para Itaboraí, é fruto de um longo trabalho realizado pela professora com incentivo da direção escolar. No início do mês de agosto a escola formou uma comissão julgadora que selecionou os materiais produzidos pelas turmas. Entre 20 e 31 de agosto, os textos foram selecionados em nível municipal, dando início à etapa estadual. Participando pela primeira vez de uma olimpíada, Danusa Ferreira conta que as dificuldades de adaptação ao ensino híbrido quase a fizeram desistir de inscrever a turma na competição.


"Sempre amei desafios, pois são eles que impulsionam o meu fazer pedagógico. Este ano, porém, achei que não daria conta do recado. Neste momento, a rede de apoio profissional foi fundamental, pois a equipe me motivou a fazer a inscrição e , convenceu-me a não desistir. No início, a proposta não empolgou os alunos, mas à medida que desenvolvemos as atividades, eles começaram a se interessar. Não esperava esse resultado e já me sinto vitoriosa. Me sinto realizada como professora e sempre digo que, para mim, chegar ao topo é ser feliz no que faço: lecionar", contou a professora.


No início de outubro, a Secretaria Municipal de Educação promoveu a premiação da etapa municipal da Olimpíada de Língua Portuguesa para alunos e professores da Escola Municipal Jornalista Alberto Torres, que tiveram seus textos submetidos ao concurso.


No dia seguinte à cerimônia, 07 de outubro, veio a notícia que, dos quatro textos encaminhados por Itaboraí, as duas crônicas da turma 901 tinham sido selecionadas para a próxima etapa. Ainda surpresos com o resultado, professora e alunos participam ativamente das oficinas on-line da competição e com uma torcida enorme que já os considera vitoriosos.


"Todos estão orgulhosos do desempenho deles. Independente de ir para final, para toda a educação de Itaboraí, eles já são os nossos campeões. A professora Danusa, toda a direção e equipe da escola demonstraram que nada pode parar a educação. Cada texto produzido contém um pouco da história de cada aluno, e poder fazer parte dessa descoberta é o que nos motiva como educadores. Tenho certeza que temos muitos talentos em Itaboraí" disse o secretário municipal de Educação, Mauricílio Rodrigues.


Estímulo ao desafio


A Olimpíada de Língua Portuguesa é dividida em cinco categorias, de acordo com o ano ou série da turma. A competição acontece em quatro etapas, sendo elas: escolar, municipal, estadual e nacional e tem como objetivo principal contribuir para a melhoria do ensino e aprendizagem da leitura e escrita, reconhecendo o trabalho de professores e alunos do 5° ano do Ensino Fundamental a 3° série do Ensino Médio, em escolas públicas de todo o Brasil.


Itaboraí é semifinalista na categoria de crônicas para as turmas de 9° ano do Ensino Fundamental. As duas crônicas de Itaboraí relatam um pouco do cotidiano dos alunos. Douglas Melo se inspirou no avô para contar a rotina de cuidados que ele tem ao varrer todos os dias a rua em que mora. E Nícolas Cabral escreveu sobre o dia que ficou sem internet e descobriu as velhas brincadeiras de rua.


"Nas oficinas, a professora estimulou a gente a escrever sobre as nossas vidas. Eu nunca tive interesse em escrever, mas durante as aulas fui ficando com vontade de escrever. Aproveitei que teve um dia que fiquei sem internet e fiz várias brincadeiras que há muito tempo não fazia, achei interessante contar isso para todo mundo. Eu quero agradecer à professora Danusa por ter me incentivado nesse ano escolar e aproveitar para dar um Feliz Dia Dos Professores", agradeceu Nícolas Nunes, autor de uma das crônicas semifinalistas.


O resultado dos finalistas da edição 2021 da Olimpíada Nacional de Língua Portuguesa será divulgado neste sábado (16/10), no site oficial do evento. As quatro turmas vencedoras serão conhecidas apenas em dezembro deste ano.


O concurso teve 27.847 escolas inscritas e 42, de cada categoria, passaram para a semifinal. A partir dessa última etapa, todos os alunos e professores já começam a receber prêmios, porém, a melhor premiação será concedida aos quatro ganhadores de cada grupo textual.

300x250px.gif
728x90px.gif