Real Madrid x Liverpool – Rumo a Saint-Denis

Quem levará o título de campeão da Champions League?


Por João Carlos Calzavara

Liverpool x Real Madrid se enfrentam amanhã em Paris. Foto: Rádio Opinião Play

No dia 28 de maio de 2022, às 16h (horário de Brasília), a equipe espanhola do Real Madrid enfrentará o Liverpool da Inglaterra em partida válida pela final da UEFA Champions League. O jogo será no Stade de France, localizado na cidade de Saint-Denis, com capacidade para 81. 338 espectadores. Construído no ano de 1998, o estádio não pode ser considerado um clássico, mas também não pode ser considerado tão “jovem” para sediar uma final desse porte.


A TRAJETÓRIA DO MADRID:

Os merengues, como são apelidados os torcedores do Real Madrid, irão torcer pelo 14⁰ título da Champions, feito que tornaria o clube espanhol ainda mais soberano, uma vez que o segundo clube com mais títulos é o Milan da Itália com 7 taças conquistadas. Considerando o fato de ser o maior campeão da competição, o Real Madrid já deveria ser considerado um possível candidato à título, mas para quem não gosta de avaliar “peso de camisa” basta reconhecer que a campanha do clube empolga qualquer torcedor. Na fase de grupos, o Real desbancou a Internazionale, o Sheriff e o Shakhtar Donetsk, se classificando em primeiro lugar com 15 pontos vencidos (5 vitórias e apenas 1 derrota).


Na fase eliminatória, os merengues chamaram ainda mais atenção fazendo partidas com viradas espetaculares, entrosando mais a equipe a cada fase. Nas oitavas de final, o eliminado foi o PSG, que vinha com pompa de disputar até o final a competição e buscar seu título inédito, apostando suas fichas no trio – Mbappe, Neymar e Messi. Pelas quartas de finais, quem deu adeus à competição foi o Chelsea, em um jogo disputado decidido na prorrogação com o placar agregado de 5×4 para os merengues.


E finalmente, pelas semifinais, o Madrid eliminou o Manchester City de Pep Guardiola, que assim como o PSG, ambicionava levar a taça da Champions pela primeira vez em sua história. A partida merece destaque especial pelo sentido épico que a jornada levou ao espectador, cuja expressão após o apito final foi de quase incredulidade ao ver que, mais uma vez, o Real Madrid alcançava uma final. Rapidamente, os jogadores merengues levantaram um lema – “Os minutos finais no Bernabeu são muito longos”, fazendo alusão ao milagre que Rodrygo Goes, jovem jogador brasileiro, fez ao conseguir marcar dois gols em dois minutos e levar o jogo para a prorrogação, onde Benzema marcou o gol que garantiu a passagem do Real à França.


Nesta temporada, o clube espanhol já conquistou o título da La Liga e a Supercopa da Espanha. Em plena reconstrução no elenco, os merengues já mostraram que conseguem chegar ao mais alto nível mesmo sem nomes como Sérgio Ramos e Cristiano Ronaldo. Um dos principais destaques dessa temporada do Madrid foram os jogadores mais jovens: os brasileiros Vini Jr e Rodrygo e o naturalizado francês Camavinga.


E COMO CHEGA OS REDS:

O Liverpool vai tentar o seu sétimo título de Champions League, igualando o segundo maior campeão da competição, o Milan da Itália. Na Inglaterra, o grande rival Manchester United têm três conquistas e, certamente, torcerá contra os comandados de Jurgen Klopp, o vencedor técnico alemão que busca sua segunda conquista da Champions pelo Liverpool. Além disso, ele coleciona um vice-campeonato com o Borussia Dortmund e com o próprio Liverpool, em decisão justamente contra o Real Madrid em 2018, partida marcada pela perda do clube inglês de um dos seus principais jogadores, o egípcio M. Salah, após sofrer uma falta criminosa de Sérgio Ramos.


Dessa maneira, o revanchismo está no ar que respira os jogadores do clube inglês, que basicamente mantém a mesma base daquela final. Em entrevista recente ao canal “BT Sport”, Salah afirmou que sua preferência para a grande final era justamente o Real Madrid, embora uma final inglesa contra o Manchester City pudesse ter sido muito bem vinda para os espectadores e amantes do futebol. Podemos esperar dos Reds uma garra especial para além da motivação de uma final de Champions, uma vez que o seu adversário já lhe tirou um título recentemente.


O clube inglês chegou à final após ser líder do grupo B, no que pode ser considerado o “grupo da morte” da competição. Para se classificar em primeiro, o Liverpool teve que desbancar Atlético de Madrid, Porto e Milan. Já nas fases eliminatórias, os adversários eliminados foram Internazionale, Benfica e Villarreal. Os comandados de Klopp chegam a final com uma incrível campanha de apenas uma derrota e um empate até chegar à final, tendo mais posse de bola que seus adversários em todas as partidas disputadas até aqui.


Além disso, já conquistaram nesta temporada os títulos da FA Cup e da EFL Cup, ambas diante do Chelsea. Na Premier League, o vice-campeonato foi confirmado após uma rodada final de muita emoção, disputando o título até os últimos minutos contra o Manchester City. Apesar do Liverpool ter vencido o seu jogo, o Manchester City, que estava perdendo de 2×0 em uma partida que contou com gol de Coutinho (ídolo no Liverpool), conseguiu virar a partida com três gols em menos de cinco minutos, sagrando-se campeão.


OS POSSÍVEIS HERÓIS DE TÍTULO

Os destaques para a final, além de nomes como Benzema, Vini Jr, Mané, Salah, podem ser considerados o atacante Rodrygo, do Real Madrid, e o atacante Luís Diaz, do Liverpool. Ambos são conhecidos como “reservas de luxo” e foram fundamentais para a classificação de seus clubes para a final, marcando gols em momentos chaves da partida. São tratados por seus técnicos como peças importantes capazes de mudar o jogo, geralmente explorando o que ambos possuem de melhor: a velocidade, a capacidade de infiltração na área adversária e a facilidade para finalizar com as duas pernas e até mesmo de cabeça.


O jovem jogador brasileiro já marcou 10 gols em 26 partidas válidas pela Champions League, competição que por sinal o atacante possui muita afinidade desde que chegou ao Real Madrid, fato que credibiliza seu nome a ser um possível herói de título para os merengues. No caso de Luis Díaz, o atacante já possui 4 gols marcados e 1 assistência com a camisa do Liverpool em 12 partidas disputadas na Champions League. São atletas jovens representando dois países sul-americanos conquistando espaço no futebol europeu.


O desfecho desse confronto será escrito no sábado, a partir das 16h, com transmissão ao vivo do SBT. Ponham a mesa e chamem os amigos porque a final promete ser repleta de emoções. A festa que começará na França terminará, ou na Espanha, ou na Inglaterra.


Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg